Compartilhe este texto

Guarulhos inicia vacinação contra dengue com número de doses inferior ao do público-alvo

Por Folha de São Paulo

20/02/2024 14h00 — em
Variedades



GUARULHOS, SP (FOLHAPRESS) - A dona de casa Esmeralda Aparecida Campos, 63, colocou como prioridade para esta terça-feira (20) vacinar a neta contra a dengue.

Por volta de 11h, Emanuelly Victória da Silva, 10, foi a 12ª criança a receber a primeira dose do imunizante na UBS Tranquilidade, em Guarulhos, na Grande São Paulo. O posto separou uma sala especialmente para a aplicação da vacina, que não precisa de agendamento. O responsável pelo paciente preenche um questionário de saúde e outro para registro da dose, e, assim, a dose é administrada.

A cidade iniciou a imunização de crianças de 10 a 11 anos nesta terça, assim como os municípios paulistas de Arujá, Ferraz de Vasconcelos, Guararema, Mogi das Cruzes, Santa Isabel e Suzano.

"Tomar a vacina foi bom, porque protege contra o vírus", diz a menina.

A avó foi informada do início da vacinação pelos irmãos, que são bombeiros, e por meio de um vereador. "Resolvi vir logo no primeiro dia. Vai que acaba, né?" Muitos dos que levaram as crianças para vacinar relataram à reportagem o mesmo receio: do imunizante acabar.

O município recebeu 34.270 doses do imunizante Qdenga, que são suficientes para imunizar 77% do público-alvo da cidade.

Segundo Amanda Loos Agra, diretora do Departamento de Assistência Integral à Saúde de Guarulhos, nesta primeira fase serão vacinadas crianças de até 10 e 11 anos, 11 meses e 29 dias.

"O Ministério da Saúde nos deu uma previsão de mais de 100 mil doses de vacina para que a gente consiga vacinar o público até 14 anos, 11 meses e 29 dias, e completar o esquema vacinal de quem recebeu a primeira dose", afirma.

"Contando com o público que não recebe a vacina, com as crianças infectadas nos últimos seis meses e com o fato de que algumas acabam não se vacinando, nós vamos contemplar a maior quantidade de crianças", diz a gestora.

O operador de empilhadeira Raphael Thiago Martins, 34, levou o filho David Lourenzo Martins, 11, até a UBS, mas não conseguiu vaciná-lo. Devido a uma doença autoimune, o menino faz uso de corticoides e não é elegível para receber o imunizante.

Crianças que tiveram dengue nos últimos seis meses ou apresentaram doença febril aguda nas 24h anteriores à administração da dose não podem receber a vacina. Imunodeprimidas, que tenham HIV sem tratamento, passam por quimioterapia, usam medicamentos imunobiológicos, e gestantes também não podem se vacinar.

O autônomo Gilson Marques, 55, também tirou o dia para levar a neta, Ana Clara Marques de Abreu, 11, ao posto de saúde para receber o imunizante. "Eu fiquei sabendo da campanha pela TV e quis vir logo no primeiro dia. Já tive dengue e sei bem como é", diz ele.

Para se vacinar, a criança deve estar acompanhada pelo responsável e apresentar documento original com foto, carteira de vacinação e comprovante de residência. A reportagem observou que algumas crianças não puderam ser imunizadas por causa da documentação incompleta.

A dona de casa Hilda Ferreira, 72, é avó da Kyara Piovani, 11, que foi vacinada na tarde desta terça. "A dengue me assusta. A filha de uma amiga está internada com dengue grave", relata. "Tomara que a vacina chegue logo para nós."

O movimento na UBS Tranquilidade foi mais intenso no final da manhã. Até às 13h30, 29 crianças haviam sido vacinadas. Até o momento, o município registra 3.128 casos confirmados da doença e a morte de uma mulher de 104 anos.

SERVIÇO

As doses do imunizante Qdenga estão disponíveis em UBSs e no Ambulatório da Criança e do Adolescente.

Regiões

Centro: Tranquilidade, São Rafael, Cavadas, Flor da Montanha, Cecap e o Ambulatório da Criança e do Adolescente.

Cantareira: Continental, Paulista, Cidade Martins, Belvedere, Rosa de França, Jovaia e Recreio São Jorge.

São João/Bonsucesso: Seródio, Marinópolis, Ponte Alta, Nova Bonsucesso e Carmela.

Pimentas/Cumbica: Dinamarca, Cumbica (Mario Macca), Nova Cumbica, Uirapuru, Jurema, Normandia e Pimentas.

Horário

Das 8h às 16h, exceto nas UBS Cecap, Tranquilidade, Paulista e Flor da Montanha e no Ambulatório da Criança e do Adolescente, que atenderão pacientes até às 18h.


Siga-nos no
O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

ASSUNTOS: Variedades

+ Variedades