Garoto salva colega de aula da morte usando técnica que aprendeu assistindo Bob Esponja

Por Portal do Holanda

08/11/2015 10h21 — em Variedades

O Bob Esponja não é só um bom samaritano no mundo dos desenhos, como também ajuda as crianças de carne e osso. Graças a ele, Jessica Pellegrino, 13, não morreu engasgada no fim de setembro.



O garoto Brandon Williams, da mesma idade, viu sua colega de escola engasgando com uma maçã na hora do almoço, e sabia imediatamente que tinha que usar a manobra de Heimlich —abraçar a pessoa com as mãos em volta do diafragma, para expelir o objeto engasgado na garganta da vítima.

Onde ele aprendeu isso? Em um episódio de "Bob Esponja", segundo ele mesmo.



O pai de Williams, Anthony, explica que o garoto é autista, e tem uma percepção aguçada para coisas que passam batido para os outros. "Ele percebe as coisas que a maioria de nós deixa passar, e arquiva tudo na cabeça. Ele consegue lembrar de todas essas coisas em um segundo", elogia o pai, que diz estar orgulhoso da atitude do filho.

Já o garoto ficou tímido após o acontecido. "Eu realmente amo ela", comentou, cabisbaixo.

O caso aconteceu em Staten Island, no Estado de Nova York, e foi divulgado pelo site "Staten Island Live".