Siga o Portal do Holanda

Brasil

Foragido em caso de desabamento no RJ se entrega à polícia

Publicado

em

Foto: Tânia Rêgo / Agência Brasil

RIO DE JANEIRO, RJ (FOLHAPRESS) - Um dos três foragidos apontados como responsáveis pelos dois prédios que desabaram na favela da Muzema, zona oeste do Rio de Janeiro, se entregou na tarde deste sábado (18) à Polícia Civil.

Rafael Gomes da Costa foi preso no Leblon (zona sul) e presta depoimento na 16ª DP (Barra), responsável pela investigação do caso. Os outros dois suspeitos estão foragidos.

Dois prédios construídos na favela, uma área de atuação de milícia, desabaram no dia 12 de abril matando 24 pessoas.

A Justiça decretou há um mês a prisão temporária de três investigados no desabamento de dois prédios na favela da Muzema, na zona oeste do Rio de Janeiro. Vítimas apontaram José Bezerra de Lima, conhecido como Zé do Rolo, como o construtor dos imóveis, e Renato Siqueira Ribeiro e Rafael Gomes da Costa como os corretores responsáveis pela venda.

Os três foram reconhecidos por vítimas ouvidas na delegacia e também são investigados por envolvimento com as milícias, segundo disse a Polícia Civil do Rio de Janeiro, em nota.

O pedido foi feito pela delegada Adriana Belém, da 16ª DP (Barra da Tijuca), responsável pelo caso. Ela disse ainda que o caso está sendo investigado como homicídio com dolo eventual.

 "A gente entende que aquele que constrói um prédio daquela forma, naquelas circunstâncias, assume o risco pela morte daquelas pessoas", disse ela à TV Globo.

A Muzema é uma área controlada por milicianos. Nenhum dos três suspeitos, contudo, já tinha sido denunciado por integrar uma organização criminosa do tipo.

A reportagem não localizou a defesa dos investigados.

Crime organizado infiltrado na política

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.


Copyright © 2006-2019 Portal do Holanda.