Compartilhe este texto

Empresário reage a assalto e dá cinco tiros em suspeito armado no Paraná

Por Folha de São Paulo

15/06/2024 16h45 — em
Variedades



RIO DE JANEIRO, RJ (FOLHAPRESS) - O dono de uma loja especializada na venda e na manutenção de celulares no município paranaense de Ponta Grossa (a 117 km de Curitiba) reagiu a um assalto e atirou cinco vezes contra o homem que invadiu o endereço comercial com uma arma, segundo a Polícia Civil. O caso foi registrado na tarde de quinta-feira (13).

Um vídeo que circula nas redes sociais mostra o momento no qual o suspeito entra na loja usando um capacete. De acordo com o delegado Lucas Bombarda, o homem de 23 anos vai em direção à companheira do empresário e saca uma arma calibre 38 com numeração raspada, anunciando o assalto.

Nesse momento, o dono da loja, que estava em outro ponto do balcão do estabelecimento, pega uma pistola calibre 9mm e efetua os cinco disparos contra o suspeito, conforme o delegado. O homem cai no chão após ser atingido.

A Polícia Civil afirma que a arma do empresário estava registrada. O suspeito foi encaminhado em estado grave a um hospital da cidade, sob escolta da Polícia Militar.

Até o momento, a Polícia Civil considera a conduta do empresário como legítima defesa.

"Isso porque, valendo-se ali do meio menos lesivo, dentre os eficazes à sua disposição, no caso a sua arma de fogo, ele repeliu o comportamento criminoso com moderação, ou seja, de modo proporcional à agressão que era sofrida", disse o delegado Bombarda em vídeo divulgado pela Polícia Civil.

"Tão logo cessado o comportamento criminoso ali, ele também interrompeu os disparos com a sua arma de fogo", acrescentou.

Ainda segundo a corporação, o irmão do empresário estava na loja e acionou equipes de resgate e da Polícia Militar. As armas do suspeito e do dono do estabelecimento foram recolhidas.

A moto que teria sido usada pelo assaltante para ir até a loja também foi localizada e apreendida. O dono do estabelecimento, a sua companheira e o seu irmão já prestaram declarações aos investigadores.

Após receber alta médica, o suspeito deve ser encaminhado para a cadeia, diz a Polícia Civil. Ele já tinha passagens por tráfico de drogas, conforme a corporação.

"A participação de outros envolvidos, embora isso não conste no boletim de ocorrência, será devidamente apurada durante as investigações", afirmou o delegado Bombarda.


Siga-nos no
O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

ASSUNTOS: Variedades

+ Variedades