Compartilhe este texto

Deputado pede que Rodrigo Garcia libere estações de metrô para abrigar população de rua no frio

Por Folha de São Paulo / Portal do Holanda

17/05/2022 20h07 — em
Variedades



SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O presidente da Comissão de Direitos Humanos da Alesp (Assembleia Legislativa de SP), deputado Emidio de Souza (PT), solicitou ao governador paulista, Rodrigo Garcia (PSDB), que libere as estações de metrô da capital para receber pessoas em situação de rua durante a chegada do frio nesta semana.

De acordo com o Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia), os termômetros devem registrar mínima de 6ºC nesta quarta-feira (18). A baixa temperatura somada aos ventos farão com que a sensação térmica atinja 0ºC em São Paulo.

"A crise econômica e social tem cada vez mais empurrado as pessoas para as ruas das cidades brasileiras. O aumento da população sem-teto é perceptível. A abertura das estações do metrô é um pequeno alento para quem já vive uma vida degradante, agravada pelo frio intenso desta temporada", afirma o parlamentar.

Em julho do ano passado, a estação Pedro 2º, da linha 3-vermelha do metrô, foi adaptada pelo Governo de São Paulo para receber cerca de 400 pessoas em situação de rua e protegê-las do frio intenso. A ação é lembrada pelo deputado em ofício.

Emidio de Souza ainda pede a Garcia que transforme em política pública a iniciativa de transformar estações de metrô em abrigos nas noites de inverno, destinando verba e infraestrutura para a ação.

"Que o metrô de São Paulo, a exemplo de outros sistemas metroviários do mundo, possa abrigar a população sem-teto sempre que se fizer necessário, todos os anos durante o inverno. Esta não deve ser uma providência de caráter emergencial, apenas", afirma o petista.

O número de pessoas que vivem nas ruas de São Paulo cresceu 31% durante a pandemia de Covid-19. Em 2021, segundo a gestão Ricardo Nunes (MDB), havia 31.884 pessoas sem-teto na cidade — 7.540 a mais do que o registrado em 2019, quando eram 24.344 nessa situação.

Em relação a 2015, quando havia 15.905 moradores de rua, o número dobrou.



O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

ASSUNTOS: Variedades

+ Variedades