Compartilhe este texto

Criolo traz esperança em show de novo álbum: 'Abrir diálogo e achar caminhos'

Por Estadão Conteúdo / Portal do Holanda

21/05/2022 17h28 — em
Variedades



Acontece neste sábado, 21, no Espaço Unimed, o primeiro show em São Paulo do novo álbum de Criolo. Sobre Viver foi lançado no dia 5 de maio após o cantor ficar cinco anos sem lançar um novo disco.

Em entrevista ao Estadão, o artista revelou que, através de sua apresentação, pretende evocar o melhor que cada um tem dentro de si em uma energia única de bem-estar. "Transformar a raiva, ódio, tristeza, mágoa, rancor, frustração em algo que não te detone ainda mais por dentro", explicou.

No novo álbum, seu retorno ao rap é retratado através de rimas que ilustram as desigualdades e dores que o País passou com dois anos de pandemia, o racismo e a falta de oportunidade para crianças e jovens que vivem nas periferias.

"A gente acredita que essa apresentação é para lembrar a cada pessoa de tudo de bom que ela é capaz de construir mesmo com o mundo contra você. Existe uma coisa linda chamada amor que pode transformar tudo. A gente espera que esse encontro da música com as pessoas provoque um bem-estar, e que a gente saia transformado para melhor", afirmou o cantor.

Criolo conta que a escolha do repertório para o show é baseada, sim, no novo disco, mas também passa por todas as etapas de sua carreira. Desde Ainda Há Tempo, passando por Nó na Orelha, Convoque Seu Buda e Espiral de Ilusão, a apresentação passa por alguns singles que foram lançados, mas acabaram não indo para o álbum.

"Que a gente possa se abraçar, abrir diálogo e achar caminhos. Para que essas coisas todas, que sobretudo aconteceram na pandemia, não voltem mais. E o que vem acontecendo desde sempre na história do nosso povo, e que a gente não aguenta mais e que não tem mais espaço, não continuem. Queria que todo mundo pudesse, em algum momento, ter contato com esse disco ou essa apresentação. Pode ter certeza que é tudo feito com muito carinho e amor", comenta.

A princípio, o álbum se chamaria Diário do Kaos, porém, inspirando justamente na resiliência histórica do povo brasileiro, Criolo optou pelo título Sobre Viver. "Vivemos em um caos desde quando as caravelas chegaram aqui", explicou o rapper.

O músico destaca que, quando a pandemia chegou, muitas pessoas, que não tinham ideia do tamanho do abismo social daqui, foram apresentadas à crueldade que a desigualdade é capaz de desenvolver.

"Dor, medo, tristeza, ódio, rancor e frustração. Contudo, no meio de tudo isso, o nosso povo continua apresentando tantas soluções e a arte apresentando tantos caminhos, estamos aqui sobrevivendo. Essa juventude do Brasil que dá esperança e alegria pra gente, nos ajuda a enxergar um amanhã melhor. Daí a mudança do nome do álbum."

Um resgate dos sonhos através do rap

Sobre Viver marca o retorno de Criolo ao rap, uma vez que seu último trabalho neste gênero foi em 2014, em Convoque Seu Buda. Desde então, o artista estava se inclinando mais ao samba e MPB. No entanto, um evento trágico acabou sendo central para o novo trabalho: a morte de sua irmã, Cleane Gomes, no ano passado, devido à covid-19.

Esse resgate às rimas aconteceu de modo natural, segundo ele. "As emoções, quando vão desaguando, elas vão escolhendo. E dessa vez foi com o rap. Tudo aquilo que estava me emocionando, que virava um verso, vinha nesse formato de samba. Então agora aconteceu desse jeito, veio o rap".

Sobre a mensagem de sua obra, o rapper avalia que o álbum não tem o intuito de apagar o luto generalizado dos últimos dois anos, mas não deixa de lado a esperança de um novo recomeço.

"Tem que entender que não pode tirar da gente o nosso momento de luto. Você não pode ignorar que nós estamos em terras devastadas. Não dá pra ignorar isso, mas também é um álbum que fala de esperança. Por mais que existam dificuldades, o povo brasileiro está sempre nos ensinando sobre resiliência, esperança, amor, carinho, afeto e que vale a pena a gente seguir atrás dos nossos sonhos, vale a pena viver", concluiu.

Criolo - Sobre Viver

Sábado, 21 de maio,às 23h

Espaço Unimed

R. Tagipuru, 795 - Barra Funda, São Paulo - SP, 01156-000



O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

ASSUNTOS: Variedades

+ Variedades