Compartilhe este texto

Com onda de calor, cidade de SP deve ter temperatura acima de 30°C nesta sexta (14)

Por Folha de São Paulo

14/06/2024 8h15 — em
Variedades



SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Uma onda de calor —quando a temperatura fica ao menos 5ºC acima da média por um período de três a cinco dias— atinge o estado de São Paulo e, no caso da capital paulista, pode fazer com que o município tenha nesta sexta-feira (14) o dia mais quente do ano para um mês de junho.

Segundo previsão do Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia), a temperatura máxima na cidade poderá atingir 31°C nesta sexta —a média para o período é de 21°C.

Medições do instituto apontam que o dia quente mais para o mês foi em 8 de junho de 1992, quando a temperatura de 28,8ºC acabou registrada na estação meteorológica no Mirante de Santana, na zona norte do município.

Essa é a maior marca ao menos desde 1961, quando os dados da série histórica iniciada em 1943 passaram a ser digitalizados para acesso.

No sábado (15) e no domingo (16), a previsão indica tendência de temperaturas máximas na casa de 28°C.

O aumento das temperaturas máximas, que se arrasta desde a semana passada, se deve ao fortalecimento de um centro de alta pressão atmosférica que estabiliza o tempo.

Assim, explica o Inmet, ocorrem inibição de nebulosidade, aumento da radiação solar direta incidente à superfície e inversão térmica —se no meio da tarde a marcação nos termômetros deve passar dos 30°C, nas primeiras horas da manhã está prevista a mínima de 14°C.

O calor fora de época pega toda a região Centro-Oeste, sul de Minas Gerais e noroeste do estado de São Paulo. No entanto, demais localidades do Sudeste também sofrem a influência da massa de ar, diminuindo a nebulosidade, aumentando a temperatura média e deixando o tempo seco, que deverá se manter durante mais uma semana, até o início do inverno, no próximo dia 21.

"As análises mais recentes mostram que esta alta pressão vai continuar forte sobre o país pelo menos até 20 de junho. Até lá, São Paulo segue com temperatura acima do normal. Há possibilidade da passagem de uma frente fria pela costa paulista após o dia 22 de junho, que provavelmente vai causar brusca queda da temperatura. Porém, o frio não persiste por muitos dias", afirma a meteorologista Josélia Pegorin, da Climatempo.

Até lá, o paulista terá de conviver com a baixa umidade do ar. Segundo o Inmet, em Barretos e Tupã, no noroeste do estado, nesta quinta-feira (13) ela chegou a atingir a marca de apenas 19%.

A OMS (Organização Mundial da Saúde) informa que a umidade abaixo de 60% é prejudicial à saúde.

Na capital paulista, o índice pode ficar em 30% nas horas mais quentes desta sexta, aponta o CGE (Centro de Gerenciamento de Emergências), da Prefeitura de São Paulo.


Siga-nos no
O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

ASSUNTOS: Variedades

+ Variedades


22/07/2024

Correção