Chuva e vento de até 64 km/h provocam 91 chamadas de quedas de árvores em SP

Por Folha de São Paulo / Portal do Holanda

30/11/2020 18h07 — em Variedades

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Ventos de aproximadamente 64 km/h atingiram a capital e região metropolitana de São Paulo entre às 14h e às 16h desta segunda-feira (30), segundo o Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia). As rajadas provocaram 91 acionamentos para quedas de árvores até às 17h, de acordo com o Corpo de Bombeiros. Não houve vítimas.

Além disso, os bombeiros disseram que houve desabamento em Ribeirão Pires (Grande SP).

Uma árvore caiu sobre um veículo, ainda segundo os bombeiros, na rua Barão de Duprat, na Sé (centro da capital paulista), e outra sobre a fiação na avenida Jabaquara, na Saúde (zona sul).

Houve pontos de alagamentos na capital, segundo o CGE (Centro de Gerenciamento de Emergências), da Prefeitura de São Paulo, gestão Bruno Covas (PSDB). Um deles ocorreu no elevado Presidente João Goulart, na região central.

Alagamentos também interditaram a rodovia Régis Bittencourt, em Taboão da Serra, na Grande SP.

Segundo o CGE, a capital paulista ficou em estado de atenção, até por volta das 16h10. O centro foi onde mais choveu, com o registro de 23,2, mm.

A previsão para esta terça-feira (1º) é de chuva isolada durante a madrugada. As pancadas voltam de forma moderada nos períodos da tarde e da noite. A máxima prevista é de 29ºC e a mínima, de 20ºC.

+ Variedades