Compartilhe este texto

Brigadista do Ibama é morto a tiro na porta de casa no Tocantins

Por Folha de São Paulo

17/06/2024 15h15 — em
Variedades



RIO DE JANEIRO, RJ (FOLHAPRESS) - Um brigadista do Ibama foi morto por um tiro na porta de casa, no sábado (15), na ilha do Bananal, em Formoso do Araguaia, a cerca de 276 km de Palmas.

Sidiney de Oliveira Silva, 44, conhecido como Neném, era presidente da Associação de Brigadistas da Brigada Federal Nordeste e trabalhava no Prevfogo (Centro Nacional de Prevenção e Combate aos Incêndios Florestais). Segundo o Ibama, ele atuou em combates a incêndios florestais nos últimos anos e estava contratado temporariamente para atuar nas queimadas deste ano.

Sidiney morava na Aldeia Imotxi 2, onde vivem famílias indígenas do povo Javaé. Ele foi assassinado na porta de casa por volta das 7h30, no momento em que fazia manutenção do seu carro particular.

Um vizinho informou à polícia ter visto um motociclista de jaqueta e capacete parado na esquina, ainda na madrugada. A testemunha disse ainda que o motociclista permaneceu parado no local durante alguns minutos.

O disparo, segundo investigações divulgadas pela secretaria de Segurança Pública do Tocantins, pode ter partido de um imóvel abandonado localizado em frente à residência de Sidiney. O tiro foi disparado por uma espingarda cartucheira. A delegacia de Formoso do Araguaia investiga a morte.

"Ele tinha vasta experiência no manejo integrado do fogo e operava equipamentos usados nos combates a incêndios", disse o Ibama em nota de pesar.

Um dos equipamentos operados por Sidiney era o Sling Dragon, que lança, a partir de um helicóptero, esferas ao solo que entram em combustão espontânea devido a reações químicas, criando uma barreira que impede a passagem do fogo.

"Os brigadistas do Prevfogo, assim como toda a equipe Centro Nacional de Prevenção e Combate aos Incêndios Florestais (Prevfogo) e do Ibama prestam agradecimento à família e aos amigos pelos anos de trabalho e dedicação do brigadista Neném em defesa da natureza."


Siga-nos no
O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

ASSUNTOS: Variedades

+ Variedades