Compartilhe este texto

Ataques a tiros deixam 14 mortos e 9 feridos no Ceará; governo reforça segurança

Por Folha de São Paulo

24/06/2024 17h15 — em
Variedades



RIO DE JANEIRO, RJ (FOLHAPRESS) - Diferentes ataques a tiros no Ceará deixaram 14 pessoas mortas e ao menos nove crianças e adolescentes feridos de quinta-feira (20) até este domingo (23).

Por causa desses episódios de violência, o governador Elmano de Freitas (PT) anunciou nesta segunda-feira (24) a convocação de 2.700 profissionais para fortalecer as forças de segurança do estado. O chamamento envolve policiais militares, civis e peritos da Perícia Forense do Ceará.

A sequência de ataques ocorre após o governador anunciar uma reação ao crime organizado depois da chacina em uma praça que matou sete pessoas no interior do estado, na quinta. A oitava vítima morreu na noite de sexta-feira, em consequência dos ferimentos.

As autoridades de segurança afirmam que os casos de violência têm relação com a disputa entre facções criminosas por territórios de venda de drogas, e que pessoas inocentes acabaram baleadas por estar em meio aos tiroteios.

O último caso ocorreu na madrugada deste domingo, na localidade de Itãns, zona rural de Morrinhos (a 208 quilômetros de Fortaleza). Dois homens, de 27 e 29 anos, morreram e um ficou ferido após um ataque a tiros em via pública. Os nomes das vítimas não foram divulgados.

A Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social afirmou, em nota, que foi feita perícia no local e que o caso está sendo investigado.

A pasta diz que também trabalha para identificar envolvidos nos dois ataques feitos contra pessoas numa pizzaria e num campo de futebol, na periferia de Fortaleza, na sexta-feira. Quatro pessoas foram assassinadas e oito feridas.

Na ação mais violenta, crianças com idade entre 8 e 16 anos foram atingidas -cinco delas permanecem internadas. Nesse caso, a polícia prendeu um homem e um adolescente sob suspeita de participação no crime.

A onda de violência no estado levou o governador a acionar o ministro da Justiça, Ricardo Lewandowski, para adotar medidas contra o crime organizado.

Em reunião neste domingo (23), Elmano de Freitas anunciou reforço financeiro "para intensificar as operações nas ruas e prender criminosos". No comunicado, o governador chegou a comemorar o fato de, segundo ele, não ter ocorrido registro de homicídio em Fortaleza na madrugada anterior.

"Tivemos um recuo importante na violência no estado do Ceará e temos certeza que continuaremos a intensificar as ações".

Dentre os casos citados pelo governador, no entanto, ainda não estava o ataque a tiros registrado em Morrinhos.

Ainda na sexta, após a chacina ocorrida na madrugada de quinta-feira na qual sete pessoas foram mortas, Freitas promoveu uma reunião para anunciar o fortalecimento das estruturas da Justiça, do Ministério Público e da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social.

No ataque, três mulheres e quatro homens, com idades de 16 a 26 anos, foram mortos durante o tiroteio em uma praça de Viçosa do Ceará (a 360 km da capital cearense). Duas pessoas ficaram feridas. Uma delas morreu na noite seguinte, em decorrência dos ferimentos, e uma mulher segue internada.

Um homem de 51 anos foi preso na sexta, suspeito de envolvimento na chacina. Ele foi localizado na cidade de Parnaíba, no Piauí. Um veículo que teria dado apoio no crime também foi apreendido.


Siga-nos no
O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

ASSUNTOS: Variedades

+ Variedades