Compartilhe este texto

Aposentado encontra R$ 59,9 mil enterrados ao limpar jardim no Tocantins

Por Folha de São Paulo

21/02/2024 20h00 — em
Variedades



RIBEIRÃO PRETO, SP (FOLHAPRESS) - O último sábado (17) era para ser um dia normal para o aposentado Raimundo Soares Sobrinho, mas ao resolver fazer uma limpeza num canteiro de flores na parte da frente da casa de sua filha, encontrou um pote de sorvete enterrado com R$ 59.900.

O imóvel foi comprado por ele, que mora no interior do Tocantins, para sua filha em agosto do ano passado, na região norte de Palmas.

Ao visitar a filha na capital, ele resolveu cuidar do pequeno jardim de pouco mais de 2 m de largura e avistou uma ponta de um saco de lixo preto. Disse ter pensado se tratar apenas de um saco abandonado no local e começou a puxá-lo, até que viu que ele envolvia um pote.

"Ele estava podando, tirando folhas secas, quando viu o saco preto enterrado, só com a ponta saindo para cima da terra. Puxou e viu o pote de sorvete. Ao abrir, se deparou com esse montante em notas de R$ 100 e R$ 50", disse Dhiogennes André Pereira Araújo, advogado do aposentado.

Ao encontrar o montante no canteiro, o aposentado resolveu acionar a polícia, que passou a investigar o caso no mesmo dia. Um dos objetivos é saber quem era o dono do dinheiro.

A PF (Polícia Federal) também esteve no imóvel para uma vistoria no mesmo dia. Uma das dúvidas era saber se o montante encontrado seria o único item armazenado no local ou se haveria mais algo, mas nada foi encontrado.

"Em tese, o que tinha lá era isso mesmo. A PF procurou também em outros cômodos e não encontrou nada", disse o advogado.

O boletim de ocorrência registrado pelo aposentado na Polícia Civil será anexado ao inquérito já aberto e cabe agora esperar a perícia dos valores encontrados e a sequência da investigação.

A CASA

De acordo com Araújo, o aposentado, que mora em Itacajá (a 279 km de Palmas), viu o imóvel à venda por meio de um site, entrou em contato com a corretora e resolveu fechar o negócio.

"Quando estava nas partes finais de assinatura de contrato, foi informado que a casa era de Inês Piva de Santana", disse. A antiga proprietária é mãe de Afonso Piva, ex-secretário da Saúde do Tocantins.

Piva deixou o cargo em agosto do ano passado, depois de a PF cumprir mandado de busca e apreensão contra ele e outros servidores. A operação investiga um contrato da secretaria de R$ 6,9 milhões para a compra de seringas para hospitais públicos.

Ao deixar o cargo, a pasta informou que o objetivo do então secretário era o de se dedicar à sua defesa. Ele também afirmou ser inocente. O caso segue em investigação.

A reportagem não conseguiu localizar o ex-secretário e sua mãe nesta quarta-feira (21).


Siga-nos no
O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

ASSUNTOS: Variedades

+ Variedades