Galvão Bueno irrita paraenses ao dizer que hino à capela começou em Fortaleza

Por

18/06/2014 9h45 — em Famosos & TV

Durante a abertura da Copa na última quinta, Galvão Bueno disse que a tradição de cantar o hino nacional à capela havia começado em Fortaleza. Acompanhando a transmissão, os paraenses ficaram revoltados com o narrador já que foi lá que começou a tradição e não em Fortaleza.

Teve gente que acreditou ser preconceito por parte do narrador com a região norte.

Pois bem, o repórter Tino Marcos ficou sabendo de uma campanha para diz que a primeira vez que o hino foi cantado dessa forma foi em Belém e corrigiu o Galvão Bueno.

"Os paraenses têm toda razão. O hino à capela começou em Belém. Com Mano [Menezes, então técnico da Seleção]. Para o grupo de Felipão [atual técnico] começou em Fortaleza. Foi a virada emocional", escreveu em seu Twitter e depois repetiu na TV.