Compartilhe este texto

Turismo de cruzeiros leva artista amazonense para documentário na Netflix


Por Orsine Jr.

03/02/2022 22h26 — em
Turismo, eu acredito!


Foto: Divulgação

Autodidata, o parintinense e artista plástico Freyzer, natural da Boca da Valéria, comunidade no interior do Amazonas, foi convidado para ser protagonista de sua própria história em documentário original da Netflix. Tudo isso, graças ao seu trabalho reconhecido pelos turistas de cruzeiros que levaram suas telas para o mundo ver! 

Divulgação

Freyzer começou sua carreira aos sete anos, e já conquistou fama em diversos continentes a bordo de navios de cruzeiro exibindo sua arte. A trajetória do artista encantou os produtores da empresa americana de streaming, que expressaram o desejo de divulgar sua história. O artista, que já viajou por mais de 84 países, avalia criteriosamente a proposta. 

Foto: Divulgação

O convite feito é uma oportunidade ímpar para reconhecermos que o turismo foi o grande agente transformador da carreira do artista, além do seu talento inigualável. Através dos visitantes, na sua maioria formadores de opinião, pôde-se  levar a arte e cultura amazonense mais longe. Foi assim também no caso da banda Carrapicho, que, numa apresentação turística na praia da Ponta Negra, maravilhou o cantor francês Patrick Bruel e teve sua musicalidade difundida globalmente. 

Esse é o poder do turismo cultural em encantar e atrair pessoas, superar expectativas e fortalecer economicamente uma região por meio de suas expressões culturais. Nossa arte e cultura levam também o nome do nosso Amazonas mundo a fora.

Pelo fortalecimento do turismo cultural, turismo eu acredito!


Os artigos, fotos, vídeos, tabelas e outros materiais publicados nesta coluna não refletem necessariamente o pensamento do Portal do Holanda, sendo de total responsabilidade do(s) autor(es) as informações, juízos de valor e conceitos divulgados.

ASSUNTOS: Turismo, eu acredito!

+ Turismo, eu acredito!