Turismo - Orsine Jr - Turismo comunitário gera renda e difunde culturas!

Turismo comunitário gera renda e difunde culturas!

Por ORSINE JR.

18/06/2021 16h46 — em Turismo

Fotos: FAS/ divulgação

Já ouviu falar de turismo comunitário? É uma experiência que ajuda as comunidades das áreas de preservação, através dos programas de bases comunitárias, contribuindo para o segmento do turismo local. 

Mas essa vertente do setor turístico ainda não é trabalhada no Amazonas como deveria ser. Assim como o turismo de aventura, esse é um turismo que atrai pessoas, principalmente os estrangeiros, que pagam em dólar por essa experiência, e que traz divisas para o país e para nossa população. Por isso, deveria receber mais atenção, divulgação e investimento.

No Amazonas, por exemplo, existem várias bases comunitárias, como a do Instituto Mamirauá, no município de Tefé, do Tumbira, na zona rural de Iranduba, as Redes de Desenvolvimento Sustentável do rio Negro, a Pousada Comunitária de Acajatuba, entre outros. Então, bases comunitárias nosso Estado têm. E por que não temos a presença forte do turismo comunitário no Amazonas?

Imagine um visitante ser convidado para vivenciar uma experiência na Amazônia? Comer peixe com farinha e com as mãos, tomar aquele café da manhã com tucumã, tomar um banho de rio junto aos moradores das bases comunitárias. É uma experiência única, que ajuda na preservação, mantém nossa floresta em pé e proporciona a contemplação da natureza ao turista.

Essa atividade turística gera renda e intercâmbio cultural, além de incentivar a experiência do turismo de bases comunitárias, promover a interiorização do desenvolvimento e influenciar a melhoria da imagem do turismo de base comunitária no Amazonas e a conservação dos recursos naturais.

O turismo comunitário gera essa oportunidade de experiência e precisa ser uma vertente mais trabalhada e difundida no Amazonas. 

Turismo eu acredito!


+ Turismo