Turismo - Orsine Jr - Rock In Rio mostra a força do turismo de eventos

Rock In Rio mostra a força do turismo de eventos

Por ORSINE JR.

22/09/2021 21h05 — em Turismo

Foto: Divulgação

Foram 200 mil ingressos vendidos em menos de 01h:30. Este é o fenômeno chamado Rock in Rio! Que teve em tempo record, na terça-feira (21/09), os cards antecipados para o festival de 2022 esgotados.

O evento que foi adiado para setembro de 2022, por conta da pandemia do novo coronavírus, e já tem como atrações confirmadas grandes nomes da música mundial: Justin Birber, Dual Lipa, Demi Lovato e Iron Maiden.

Vejamos a magnitude deste festival, que em 20 edições desde 1985, é reconhecido como maior festival musical do planeta.  O Rock in Rio atingiu a marca de 10.2 milhões de pessoas na plateia, gerando  mais de 237 mil empregos e atraiu centenas de milhares de turistas para a capital carioca. Além de colocar o Brasil no circuito do show business internacional.

No Amazonas precisamos de eventos dessa grandeza. Temos uma linda arena, espaços e estruturas como o sambódromo, o novo Centro de Convenções Vasco Vasquez, mas nós não temos um programa atrativo de grandes eventos a serem realizados no coração da Amazônia.

Questiono mais uma vez, então, o que falta? O turismo de eventos é um mercado gigantesco, muito promissor e precisa voltar a crescer no Amazonas. Investir na captação de eventos é a maneira mais rápida de atrair turistas para uma cidade como Manaus.

Temos todos os ingredientes necessários para sermos palcos de grandes espetáculos e alcançarmos um grande destaque neste segmento econômico, precisamos gerar emprego e renda, consolidando positivamente a imagem do Amazonas como destino de grandes festivais, feiras, congressos e exibições. 

Turismo de eventos, gerando emprego e renda, eu acredito!


+ Turismo