Compartilhe este texto

A regulamentação de cassinos no Brasil e seus impactos para o Amazonas


Por Orsine Jr.

28/03/2022 20h06 — em
Turismo, eu acredito!


Foto: Vegas.com

A regulamentação de cassinos no país pode ser um impulsionador ao turismo brasileiro e esse ponto deve ser reforçado e levado em consideração pelo Poder Público e Congresso, onde tramita um projeto acerca do assunto. Se debatido de forma consciente, será um fator de inovação ao segmento e mais um atrativo para turistas do mundo inteiro. 

O primeiro passo para a regulamentação da atividade no país foi dado com a aprovação do texto-base do Projeto de Lei 442/91 na Câmara Federal. O texto prevê condições para a atividade legal de, pelo menos, 33 cassinos, além de 1,4 mil bingos e 292 bicheiros em território brasileiro. Tudo de forma organizada, com pagamento de impostos, ou seja, favorecendo o turismo e a economia. 

Para a implantação dos cassinos, o texto prevê alguns pré-requisitos e entre eles estão: Estados com até 15 milhões de habitantes poderão ter um cassino, que deverá ser instalado em resorts como parte de complexo integrado de lazer, com cem quartos de hotel de alto padrão, locais para eventos, restaurante, bares e centros de compras. Outro ponto é que cidades turísticas — classificadas como polos ou destinos turísticos também poderão ter estabelecimento de jogos de apostas (não pode estar localizado a menos de 100 quilômetros dos cassinos integrados a resort), independentemente da densidade populacional, e, navios também poderão dispor de locais para a prática de jogos. 

Foto: visitvegas.com

O Amazonas está apto para ter cassinos, pois conta com uma população de pouco mais de 3,4 milhões de habitantes, é considerado um destino de turistas do mundo inteiro, é também um polo turístico composto de 15 cidades (dados do Ministério do Turismo) e recebemos e temos navios de cruzeiros. Em relação a resorts, temos o antigo Tropical Hotel Manaus que está sendo reformado e tem previsão de inauguração para dezembro/2022. Uma estrutura hoteleira, cinco estrelas e mais de 600 apartamentos.  Portanto, podemos nos privilegiar desta ferramenta turística de grande potencial. 

Agora, o projeto segue para o Senado e, se aprovado pelos parlamentares, será encaminhado à apreciação do presidente da República. Temos que alertar e cobrar nossos parlamentares e governantes para que tudo dê certo e a legalização saia do papel. Precisamos criar alternativas para viabilizar o avanço do turismo nacional, para a geração de emprego e renda e que o Amazonas se firme com um turismo diferenciado, de qualidade e de referência mundial, tanto pelas suas belezas naturais quanto pelo seu portfólio de atrativos. 

Devemos seguir os passos de países que apostam no turismo como uma de suas matrizes econômicas. Nos Estados Unidos, por exemplo, a indústria de jogos gera 1,7 milhão de empregos e Produto Interno Bruto (PIB) conjunto (hotéis, shows, e todo o segmento) de US$ 240 bilhões, segundo dados da Associação Americana de Jogos. 

Pela legalização de cassinos como atrativo turístico, Turismo Eu Acredito!


Os artigos, fotos, vídeos, tabelas e outros materiais publicados nesta coluna não refletem necessariamente o pensamento do Portal do Holanda, sendo de total responsabilidade do(s) autor(es) as informações, juízos de valor e conceitos divulgados.

ASSUNTOS: Turismo, eu acredito!

+ Turismo, eu acredito!