Compartilhe este texto

Insegurança turística, uma ameaça ao turismo do Amazonas


Por Orsine Jr.

08/02/2022 10h06 — em
Turismo, eu acredito!


Foto: Divulgação SSP-AM

Recentemente, uma família de turistas foi assaltada em frente ao Mercado Municipal Adolpho Lisboa, um dos principais pontos turísticos de Manaus. Pasmem! O assalto ocorreu enquanto a família tirava fotos. Certamente, as fotos tiradas não estarão nas melhores lembranças que as vítimas terão da nossa cidade, que deveria ser modelo de segurança turística aos viajantes.

Manaus tem tudo para ser referência em segurança turística, inclusive, poderia ter mantido  —  e até mesmo aprimorado —  o padrão “FIFA”, que teve durante a Copa de 2014.  Fomos eleitos a melhor cidade anfitriã do torneio, realizado no Brasil. Tivemos, por exigência da competição, investimentos na implantação da POLITUR ( Batalhão de Polícia Turística) e me pergunto, onde estão estes polícias? quantos são? Estão aparelhados?

Os viajantes estão sendo alvos dos “batedores de carteiras” diariamente, principalmente aos finais de semana, quando vão conhecer o centro histórico da cidade. Não existem mais rondas extensivas como o antigo patrulhamento “Cosme e Damião” da policia estadual,no qual policiais militares realizavam serviços de vigilância a pé no centro de Manaus para identificar e neutralizar ações de infratores.

Atualmente, o que temos, segundo a Policia Militar do Amazonas (PMAM), são Pontos de Relacionamento Comunitário e Visibilidade (PRCV’s), com viaturas postas em locais estratégicos, visando proximidade com os frequentadores do local. Porém, essa ação ainda é pouco conhecida entre os turistas.

Também precisamos de reforço da Guarda Civil Metropolitana, que recentemente recebeu equipamentos novos de segurança da Prefeitura de Manaus, para massificar o cuidado nas áreas turísticas, e assim acolher com garantia quem escolher visitar a capital.

Não se pode deixar o turista sem essa segurança, os governos municipal e estadual devem proporcionar segurança desde sua chegada, e garantir o sentimento de que ele está em uma cidade realmente segura e com locais e atrações que possam ser visitados com tranquilidade.

Manaus e os outros municípios amazonenses não podem perder esse potencial. Não podemos ser reconhecidos como local inseguro para os turistas. Por isso, fica aqui meu apelo para a importância de equipar e reforçar a polícia turística do Estado e zelar por quem visita e contribui para a economia da região.

Pelo aparelhamento da polícia turística, turismo eu acredito!


Os artigos, fotos, vídeos, tabelas e outros materiais publicados nesta coluna não refletem necessariamente o pensamento do Portal do Holanda, sendo de total responsabilidade do(s) autor(es) as informações, juízos de valor e conceitos divulgados.

ASSUNTOS: Turismo, eu acredito!

+ Turismo, eu acredito!