Turismo - Orsine Jr - Cadê o FTI que estava aqui? - Parte 1

Cadê o FTI que estava aqui? - Parte 1

Por Por Orsine Júnior

19/05/2021 8h47 — em Turismo

Foto: Divulgação

O Fundo de Fomento ao Turismo, Infraestrutura, Serviços e Interiorização do Desenvolvimento do Estado do Amazonas - FTI tem por objetivo arrecadar recursos para o turismo e contribuir para o desenvolvimento socioeconômico, do Amazonas, em consonância com o Plano Estadual de Desenvolvimento. 

Apesar de ter sido criado para o fomento e desenvolvimento do turismo no Estado, a verba vem contribuindo no combate à pandemia, e sendo usado como estratégia pelo Governo estadual para ampliar o financiamento dos municípios na área da saúde. 

Em fevereiro deste ano o governo amazonense anunciou o repasse no valor de R$ 30 milhões do FTI aos 61 munícipios do Amazonas para o combate à pandemia. Só em 2021, o estimado é que R$160 milhões sejam repassados a cidades do Amazonas. Claro, que não há problema algum em usar recursos em uma época de pandemia, e auxiliar o interior. 

Porém, não se pode desvirtuar o uso do fundo somente para isso. Da mesma forma em que o Governo do Amazonas decretou em conformidade com a Lei nº 4.864, delimitando 10% do dos recursos do FTI para a saúde no interior do Amazonas, que pelo menos 20% do fundo seja aplicado no turismo dos munícipios. Sendo que o fundo é de turismo e não de saúde, e não temos obrigatoriedade nenhuma de usufruir os recursos no setor do turismo.

Lógico que o socorro para a saúde é emergencial. Mas, e para o nosso turismo, quanto foi repassado? Nós não temos nenhum grande monte investido para o setor do turismo no Amazonas, que é um dos segmentos que está se reerguendo, pós-pandemia, e precisa dos valores a ele atribuído, conforme legislação nacional, para suprir as deficiências na infraestrutura turística, criação de atrativos e a retomada da imagem do Amazonas como uma das rotas mais procuradas no país.