Technicolor implanta sistema de ‘fábrica verde'

Por Portal do Holanda

17/08/2015 10h05 — em Tecnologia

O Centro de Soluções Ambientais (Cesam) da Fucapi instalou na fábrica da Technicolor, localizada na avenida Max Teixeira, zona Norte, um complexo inédito no Amazonas, tornando os processos fabris mais sustentáveis. Isso é possível por meio das premissas de uma Green Factory ou Fábrica Verde, que aplica sistemas para a redução de impacto da industrialização no meio ambiente.

O líder do Cesam/Fucapi, Pedro Sosa, explicou que o projeto desenvolvido com recursos de Pesquisa & Desenvolvimento (P&D), sob demanda da Technicolor, visa ampliar as atividades na área de sustentabilidade para a indústria, além de gerar conhecimentos técnicos, científicos e adaptados à Região Norte e que possam ser divulgados e replicados em outras empresas do PIM. O projeto contou com o suporte técnico-científico de uma equipe formada por profissionais das engenharias civil, elétrica, ambiental, agrícola e agronômica, além de profissional de administração e técnico agrícola.

Leia também: Tratamento de efluentes na Technicolor

O complexo permite a reutilização sustentável na indústria por meio de quatro linhas de atuação e pesquisa: energia, água, efluentes e resíduos sólidos. Na perspectiva de energia, por exemplo, foi desenvolvida a 1ª microusina fotovoltaica do PIM que permite a geração de energia eficiente por meio da energia solar, com 9,18 KW de potência.

Fonte: Fucapi Microunsina é implantada na fábrica

A microusina é capaz de alimentar a iluminação de três linhas do parque fabril mais o sistema de reuso de água. “Para gerar eficiência energética na área de produção foram aplicadas novas tecnologias e uma metodologia de uso de equipamentos mais eficientes e monitoramento de prevenção e redução de perdas energéticas”, explicou Pedro Sosa, líder do Cesam/Fucapi.

O projeto permitiu ainda a implantação de um sistema que direciona a captação da água da chuva que cai sobre a cobertura da fábrica. O projeto piloto abrange a captação e armazenamento de até 20.000 litros de água pluvial disponível para reuso dentro da própria fábrica com fim não potável, sendo utilizada para limpeza da infraestrutura da empresa, por exemplo. O sistema de filtração da água da chuva conta com a seguinte estrutura: filtro de descida, tanque e válvula de descarte das primeiras águas, tanque de água bruta, sistema de filtração em três estágios e cloração para desinfeção final.

Veja também