Cerca de 15 mil brasileiros têm o whatsapp clonado por dia

Por Portal do Holanda

19/10/2020 17h42 — em Tecnologia

Whatsapp - Foto: Reprodução / Pixabay

Uma pesquisa realizada pelo laboratório especializado em segurança digital da PSafe, revelou que aponta que mais de 15 mil brasileiros têm o seu Whatsapp clonado por dia. Ainda de acordo com a pesquisa, o número cresceu 25% em setembro.

De acordo com O Globo, São Paulo é o mais afetado, com 107 vítimas, seguido pelo Rio de Janeiro, com 60 mil e Minas Gerais, com 43 mil.

Segundo o diretor do laboratório, Emilio Simoni, a clonagem de WhatsApp é um golpe que começa com a engenharia social, ou seja, uma articulação para ludibriar a vítima: "Os fraudadores têm robôs que monitoram sites de vendas. Quando entra um anúncio novo, em questão de dois ou três minutos já entram em contato com a pessoa tentando convencê-la a dar o código de verificação com alguma justificativa. É uma manipulação psicológica. A pessoa acaba passando, sem perceber que esse número é do Whatsapp."

Um dos golpes mais comuns, é pedir dinheiro em nome da vítima. Segundo Simoni, quadrilhas chegam a faturam R$ 15 mil por semana e para evitar que a vítima consiga recuperar a conta, acionam imediatamente a verificação em duas etapas.

Uma dica para quem cair na armadilha, é errar a senha da verificação muitas vezes. O app vai ser bloqueado por segurança, e os estelionatários não vão conseguir agir. A pessoa terá tempo para ir à polícia, avisar os contatos e fazer contato com o Whatsapp, solicitando a recuperação da conta.