Obesidade infantil é um problema que exige atenção

Por Estadão Conteúdo / Portal do Holanda

26/04/2021 7h46 — em Saúde e Bem-estar

A falta de exercícios e a alimentação desequilibrada são os vilões da saúde dos adultos e, também, das crianças. Estudos indicam que 15% sofrem com a obesidade infantil, responsável pelo aparecimento de diversas doenças.

Até mesmo por conta da pandemia, os pequenos gastam ainda mais tempo em frente à televisão ou ao computador. Antes mesmo desta fase eles já enfrentavam a dificuldade de brincar na rua e, com isso, desenvolver o corpo com atividades tradicionais para as crianças.

Por conta disso, as complicações aparecem. Os pais, muitas vezes, procuram ajuda de um médico apenas quando o problema de saúde afeta a criança, como os casos ortopédicos ou o colesterol elevado. Entretanto, ideal seria buscar auxílio em uma fase anterior, exatamente para a prevenção.

Dicas

Criar crianças saudáveis é uma tarefa que depende dos pais. Por isso, é necessário ensinar as crianças a manter hábitos saudáveis, com a prática de exercícios e uma alimentação equilibrada. Com a orientação dos mais velhos fica mais fácil ensinar os pequenos a importância de comer verduras e legumes, por exemplo, assim como evitar o excesso de guloseimas durante o dia.

Os pais precisam também incentivar determinadas atividades, evitando que as crianças permaneçam em frente à televisão por longos períodos. Correr, pular corda, jogar bola são brincadeiras divertidas que ajudam a movimentar o corpo.

Muito mais do que um fator estético, a obesidade promove complicações para a saúde que podem surgir na infância e também na fase adulta. Para evitar complicações, é importante contar com a ajuda de um médico especializado, para um diagnóstico correto. Lembre-se: hábitos saudáveis ajudam toda a família.

 


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Saúde e Bem-estar