Infectologista alerta para a  prevenção e sintomas da influenza

Por Portal do Holanda

29/04/2016 16h37 — em Saúde e Bem-estar

Semelhante à gripe comum, mas com sintomas bem mais severos e evolução rápida, o H1N1, ou a Influenza, precisa de alguns cuidados para ser evitada e algumas medidas são essenciais para a manutenção da saúde.  

O contágio acontece da forma tradicional, ou seja, através do contato com pessoas infectadas, tosse, espirros e tocando objetos contaminados pelo vírus. Algumas pessoas estão mais expostas ao H1N1 e estão inseridas no grupo de risco como grávidas, idosos e crianças, para estes, o governo disponibiliza a vacinação gratuita como forma de prevenção, mas a mesma vacina também pode ser encontrada em clínicas privadas para quem não se encaixa na prioridade.

Em casos onde a doença se apresenta de forma mais branda, o tratamento é feito a partir de antitérmicos, hidratação e muito repouso. Porém, nos casos mais graves, o tratamento deve ser intensivo, a fim de evitar complicações bacterianas, como a pneumonia.

“Caso seja inevitável, deve-se utilizar máscara de barreira e efetuar a lavagem das mãos antes e após o contato com o doente. Caso haja exposição desprotegida, em indivíduos vulneráveis não vacinados ou vacinados há menos de 15 dias, depender do grau de risco, pode ser feito uso de medicamento antiviral, profilaticamente”, explica a infectologista do Hapvida Saúde, Maria Alice Sena.

Para evitar o contagio é preciso tomar alguns cuidados básicos como manter a distância de um portador da Influenza. De acordo com a especialista, uma vez infectado, alguns cuidados são primordiais para evitar a disseminação do vírus: “Deve-se evitar, ao máximo, o contato próximo (menos de 1 metro) da pessoa portadora de influenza”. 


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Saúde e Bem-estar