Confusão mental é sinal de alerta precoce de covid-19 grave

Por Portal do Holanda

03/07/2021 10h29 — em Saúde e Bem-estar

Foto: Pixabay

Pacientes com covid-19 com confusão mental apresentam risco aumentado de uma forma grave da doença, concluiu um novo estudo.

Os pesquisadores analisaram os registros eletrônicos de saúde de mais de 36.000 pacientes em cinco hospitais da Flórida. Destes, 12% desenvolveram covid-19 grave.

Pacientes com confusão mental eram três vezes mais propensos a desenvolver doenças graves do que aqueles sem esses sintomas, de acordo com o estudo publicado na edição de junho da Critical Care Explorations.

"Um dos pontos principais no tratamento do novo coronavírus é procurar por sinais de que você pode ter um curso agressivo ou grave da doença", disse o autor do estudo David Marra.

"O que descobrimos foi que certos sintomas cerebrais, especificamente uma condição conhecida como encefalopatia, podem ser um marcador precoce de covid-19 mais grave", disse Marra em um comunicado da universidade. "Esperamos que isso possa ajudar os trabalhadores da linha de frente e outros provedores de saúde com informações para ajudá-los em casos de doença mais grave."

A encefalopatia é caracterizada por desorientação geral e confusão, explicou marra.

"Eles podem não saber onde estão ou ficar confusos sobre as pessoas ao seu redor", disse ele. "Eles podem não saber a data ou os eventos recentes. Se houver muita confusão, isso seria sugestivo de algum tipo de disfunção cerebral aguda."

Os sintomas da encefalopatia geralmente surgiram alguns dias antes ou simultaneamente à progressão do covid-19 para um estágio grave que requer tratamento intensivo, como internação em unidade de terapia intensiva ou ventilação, concluiu o estudo.


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Saúde e Bem-estar