Cientistas descobrem que tipo sanguíneo é menos vulnerável ao coronavírus

Por Portal do Holanda

15/10/2020 11h36 — em Saúde e Bem-estar

Amostras de sangue tipo O-Foto: Ilustrativa

Um estudo dinamarquês e outro canadense publicados nessa quarta-feira (14), mostram que pessoas com que tem o tipo sanguíneo O, tem menos probabilidade de ter quadro grave de Covid-19, que a população do tipo A, B ou AB.

Segundo os cientistas, resultados preliminares mostram que os demais grupos são vulneráveis ao agravamento da doença e passam mais tempo internados em tratamento e recuperação.

Os sintomas são mais acentuados e o organismo fica mais debilitado, porém, ele deixa claro que os integrantes do grupo O, não estão imunes às comorbidades e outros fatores de risco como idade, obesidades que podem complicar o quadro.

O médico dinamarquês Dr. Torben Barington, que também é professor na Odense University Hospital e na University of Southern, destaca que isso não quer dizer que a população tipo O pode se expor aos vírus livremente como se tivesse alguma imunidade. Também não quer dizer que os grupos A, B, ou AB devam se desesperar.

Para ele, em grau maior ou menor, todos correm perigo e o estudo que leva em consideração o fator sanguíneo ainda precisa ser mais explorado. Pouco se sabe sobre ele e mais testes precisam ser realizados para fundamentar a teoria.

As observações publicadas nos estudos, levou em consideração um grupo limitado de pessoas que tiveram os dados analisados por eles, mas necessariamente não representam a maior parte da população mundial. Ele afirma que é necessários mais “observação científica”, para que o resultado seja comprovado.

Além disso, as ligações que estabelecem esse grau de vulnerabilidade ainda não estão claras e necessitam de mais estudo e observação mais aprofundada.