Ceia de Natal: Veja 5 dicas para evitar a azia

Por Portal do Holanda

24/12/2020 21h45 — em Saúde e Bem-estar

Foto: Pixabay

Ter azia é muito comum durante as festas de fim de ano, isto porque, são comidas pesadas, geralmente saboreadas a meia-noite; além disso, com tantas outras preocupações, na véspera de Natal e Réveillon esquecemos de nos alimentar corretamente, e isso é uma das formas de se obter a sensação de queimação, dor (que pode ser leve ou muito forte) na garganta e nas regiões superior e média do peito, além de um gosto ácido na boca. 

Em alguns casos, a azia pode ser provocada pela bactéria H. pylori, sendo necessário o uso de antibióticos para combatê-la.

O Tua Saúde preparou dicas para evitar o incômodo. Confira:

1. Evitar alimentos que provoca o problema

Os alimentos que provocam a azia causam liberação em excesso do suco gástrico por serem mais difíceis de digerir ou por conter muitos conservantes, gorduras ou açúcares. Entre estes alimentos, estão todos os industrializados, como biscoitos, comidas congeladas, molhos, salsichas e refrigerante, por exemplo.

Além disso, existem os alimentos que, apesar de origem natural, causam azia por demandar esforço extra do estômago para a digestão. Frutas cítricas, pimentas e bebidas que contêm álcool ou cafeína como o vinho, chá verde, chá preto e café entram nesta lista.

2. Incluir na dieta alimentos de fácil digestão

Os alimentos mais indicados para quem sofre de azia são os de origem natural e de fácil digestão, como frutas não cítricas, verduras e legumes em geral. O estômago não precisa produzir mais suco gástrico para dissolvê-los, evitando a azia.

Além disso, frutas como a pera e ervas aromáticas, como manjericão e alecrim, podem ser usados durantes as crises, para aliviar a sensação de queimação.

3. Reduzir a quantidade de comida nas refeições

Para reduzir a frequência das crises de azia, é aconselhado que a pessoa reduza a quantidade de comida ingerida por refeição. Quando o estômago está mais cheio do que o normal, pode acabar produzindo mais suco gástrico que o necessário, facilitar o refluxo e piorar a azia.

4. Deitar duas horas após a última refeição

Pessoas que sofrem de azia podem ter a boca do estômago um pouco mais aberta do que o normal e, ao se deitar logo após a refeição, o suco gástrico, que faz a digestão da comida, pode acabar subindo e causar a sensação de queimação.

Indica-se ainda que a posição ao se deitar seja a do lado esquerdo do corpo, pois o estômago tem uma pequena curvatura que permanece para cima nesta posição, evitando que o suco gástrico cause queimação na boca do estômago ou na garganta.

5. Não beber e comer ao mesmo tempo

Consumir líquidos durante as refeições, mesmo os de origem natural, como suco de frutas e até água, é desaconselhado para quem sofre de azia. Ao se misturar com o liquido que foi ingerido, o ácido presente no estômago dobra de quantidade, e isso facilita que o conteúdo gástrico consiga subir para o esôfago, gerando a sensação de queimação.

Além disso, o consumo de sopas e caldos não é indicado para quem sofre de azia.


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Saúde e Bem-estar