Beijar pode ser prejudicial à saúde

Por Portal do Holanda

31/07/2015 1h59 — em Saúde e Bem-estar


Beijar já é a primeira causa de desenvolvimento de câncer da cabeça e de pescoço, nas regiões da boca, língua, lábios, gengiva, garganta, orofaringe, laring e faringe.

Este ato de romantismo é visto pelos médicos como um alerta uma vez que conseguiu ultrapassar o tabagismo como principal causa destas doenças.

De acordo com o Daily Mail, o beijo na boca – assim como o sexo oral – pode transmitir o vírus do papiloma humano, responsável por 70% dos câncer da cabeça e pescoço, como refere o médico cirurgião de maxilofacial Mahiban Thomas.

Segundo ele, as pessoas que adquirem este vírus correm um risco 250 vezes maior de desenvolver uma patologia oncológica na cabeça e no pescoço, pelo menos, nos Estados Unidos o vírus do papiloma humano é responsável por 70% dos casos de câncer, refere.

Trocar frequentemente de parceiro sexual e ter 'relações-relâmpago' com várias pessoas são apontadas como os principais fatores de risco e aqueles que colocam o ato de beijar como um dos mais perigosos da atualidade.