Compartilhe este texto

Rodrigo Garcia retoma vida política com eleição de 2026 no horizonte

Por Folha de São Paulo

25/02/2024 8h00 — em
Política



SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Ex-governador de São Paulo, Rodrigo Garcia (PSDB) encerrou seu período sabático e retomou de vez a atuação política.

A presença do tucano no palco da cerimônia de posse de Aldo Rebelo como secretário da gestão Ricardo Nunes (MDB), na segunda-feira (19), chamou a atenção dos presentes, dado que Garcia vinha se mantendo distanciado de eventos públicos.

Após a derrota na disputa pelo governo de São Paulo em 2022, Garcia passou um ano nos Estados Unidos, reservado da política. Quando retornou ao Brasil, manteve-se recluso, concentrado em seu escritório de advocacia na área de direito tributário.

O revés ainda no primeiro turno foi impactante: seu partido, o PSDB, deixou o comando do estado após 28 anos.

Nesta segunda-feira (26), Garcia deverá se encontrar em reunião com Tarcísio de Freitas (Republicanos-SP), seu sucessor na administração estadual. O encontro foi sugestão de André do Prado (PL-SP), presidente da Assembleia Legislativa de São Paulo, com quem o tucano esteve recentemente.

O ex-governador também tem participado das discussões em seu partido, o PSDB. Na disputa pela presidência do diretório estadual, ele tem ajudado Marco Vinholi a reassumir o cargo.

Ao articular em prol de Vinholi, Garcia tenta emplacar um aliado em posição de influência. Além disso, ele evita que Duarte Nogueira, prefeito de Ribeirão Preto, e Paulo Serra, de Santo André, ocupem o espaço.

Nogueira e Serra aparecem como dois possíveis interessados em disputar o governo de São Paulo em 2026, o que também está no horizonte de Garcia, segundo seus aliados.


Siga-nos no
O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

ASSUNTOS: Política

+ Política