Compartilhe este texto

PSOL se pronuncia após pancadaria durante reunião em Manaus

Por Portal do Holanda

04/07/2022 15h25 — em
Política


Foto: Reprodução Facebook / Divulgação

Manaus/AM - A presidente do PSOL-AM, Rosilane Guimarães de Almeida, divulgou uma nota, nesta segunda-feira (4), explicando as causas que resultaram na pancadaria durante uma reunião com filiados do partido no último fim de semana na sede do Rio Negro Clube, em Manaus.

Segundo a nota, a confusão iniciou após descobrirem que a advogada Natália Demes não estava na lista de presença do TRE-AM por não ser filiada ao PSOL no Amazonas. Durante a briga, um idoso de 62 anos foi atingido com um soco e uma pessoa jogou uma cadeira em uma mulher.

O objetivo da reunião era debater sobre as prévias que iriam determinar qual pré-candidato iria concorrer ao Governo do Estado nas eleições de 2022, se seriam os advogados Marcelo Amil e Natália Demes ou o sindicalista Herbert Amazonas.

A nova reunião para definir as prévias do partido ainda será divulgada.

Veja a nota

"Antes do início do debate um grupo de treze filiados apoiadores da pré-candidatura da advogada Natália Demes descobriu que ela não é filiada ao PSOL Amazonas, e mudou radicalmente de postura, assumindo atos de tumulto e agressividade visando impedir o debate determinado pela executiva nacional, o que culminou em episódios lamentáveis onde vimos uma filiada simulando ter sido agredida, (agressão desmentida por imagens), vimos um filiado agredindo com um soco um idoso de 62 anos, vimos um filiado jogando uma cadeira que atingiu uma filiada negra, mulher, soropositiva.

Este mesmo grupo que no sábado tentou impedir o cumprimento da deliberação da executiva nacional foi o grupo que em maio realizou uma reunião ilegal usurpando o estatuto do partido, e teve suas ações suspensas por decisão judicial que inclusive impôs multa caso praticassem novamente.
Este mesmo grupo sabotou o partido em 2020 apresentando apenas cinco candidaturas fazendo com que o PSOL, mesmo tendo a 5ª candidatura mais votada no pleito, não elegesse ninguém.

Estas atitudes ofendem o que está escrito em nosso estatuto e ofendem os valores pelos quais o PSOL luta. Não tolerarei esses absurdos. Orientei os filiados agredidos que me procuraram a tomarem as medidas jurídicas cabíveis.

O debate amplo será defendido até as últimas consequências pois essa foi a determinação nacional e era o anseio da esmagadora maioria dos filiados presentes e dos diretórios de Tefé e Itacoatiara, que enviaram suas declarações em favor das prévias.

Reportarei os fatos à direção nacional, apontando os responsáveis e reafirmando o encaminhamento de que os rumos do PSOL Amazonas serão decididos em conformidade com os direcionamentos estatutários e com base em nossos princípios democráticos."



O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

ASSUNTOS: Política

+ Política