Compartilhe este texto

'Não sabia que tinha cofre em casa', diz Bolsonaro sobre busca e apreensão da PF

Por Estadão Conteúdo (Agência Estado)

21/02/2024 14h28 — em
Política



O ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) disse que não sabia da existência de um cofre encontrado em sua casa, em Brasília, durante busca e apreensão da Polícia Federal (PF), em 2023, na Operação Venire, que investiga suposta fraude em cartões de vacinação da covid-19 no sistema do Ministério da Saúde.

"Perguntaram para mim e para minha esposa se tinha cofre na minha casa, que é alugada. Eu não sabia que tinha cofre, e minha mulher (Michelle Bolsonaro) falou 'tem'. Acharam U$ 3", disse em entrevista nesta quarta-feira, 21, à rádio CBN Recife.

Durante a busca e apreensão na casa de ex-presidente onde foi encontrado o cofre, uma das dúvidas dos investigadores era saber como o cartão de vacinação de Bolsonaro foi utilizado durante sua saída do Brasil antes da posse do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e no retorno ao País já em 2023.

Na operação deflagrada em maio do ano passado, seis aliados de Bolsonaro foram presos, entre eles o tenente-coronel Mauro Cid. Em acordo de delação premiada, Cid afirmou que o ex-presidente da República ordenou, no final do seu mandato no Palácio do Planalto, que ele fraudasse os cartões de covid-19 no sistema do Ministério de Saúde.

Segundo a PF, as inserções falsas sob suspeita se deram, entre novembro de 2021 e dezembro de 2022, e "tiveram como consequência a alteração da verdade sobre fato juridicamente relevante, qual seja, a condição de imunizado contra a covid-19 dos beneficiários".

A corporação indica que, com a alteração, foi possível a emissão de certificados de vacinação com seu respectivo uso para burla de restrições sanitárias impostas pelo Brasil e pelos Estados Unidos em meio à pandemia.

Bolsonaro citou a existência do cofre encontrado na sua casa enquanto falava sobre outra operação da Polícia Federal, a Tempus Veritatis, que investiga tentativa de golpe ao Estado Democrático de Direito e apreendeu o passaporte do ex-presidente no início do mês.

Na entrevista, Bolsonaro ainda falou dos R$ 800 mil enviados para um banco dos Estados Unidos antes de viajar ao país no final de dezembro de 2022 e ironizou a suspeita de que o dinheiro estaria guardado para uma tentativa de golpe. Segundo ex-presidente, isso faz parte de "narrativas" criadas contra ele.

"Mandei minha poupança do Banco do Brasil para o BB América. Se alguém quer dar golpe, não manda para os Estados Unidos, esses recursos seriam bloqueados. Manda para paraíso fiscal", disse.


Siga-nos no
O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

ASSUNTOS: Política

+ Política