Compartilhe este texto

'Não há espaço para jogo duplo', diz líder do PT sobre senador do PSD de Minas

Por Folha de São Paulo / Portal do Holanda

21/05/2022 15h34 — em
Política



SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O líder do PT na Câmara, Reginaldo Lopes (MG), diz que não há espaço para jogo duplo na eleição deste ano em Minas Gerais, em referência à postura do senador Alexandre Silveira (PSD-MG).

Lopes abriu mão de ser o candidato ao Senado da coligação para favorecer um entendimento com o PSD, do ex-prefeito de Belo Horizonte Alexandre Kalil.

Pré-candidato ao Governo de Minas Gerais, Kalil anunciou nesta quinta-feira (19) a aliança com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) no estado.

Kalil se reuniu com Lopes, escolhido coordenador da campanha de Lula em Minas, e com o deputado estadual Agostinho Patrus (PSD-MG), que desistiu de ser o vice na chapa.

O acordo foi desenhado para abrigar Silveira como candidato ao Senado e abriu espaço para o deputado estadual André Quintão (PT) ser o vice. Segundo Lopes, no entanto, a atitude do senador será importante para consolidar o acordo.

"Nas eleições de 2022, não há espaço para neutralidade, ou para jogo duplo", disse ao Painel.

Alexandre Silveira foi cotado para ser líder do governo do presidente Jair Bolsonaro (PL) no Senado. O posto segue vago desde que Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE) renunciou a esta função.

Lopes quer definir a chapa no máximo em dez dias. Depois, pretende organizar nova ida de Lula a Minas Gerais para fazer, finalmente, a foto da chapa reunida. Kalil não participou das agendas do ex-presidente no estado na semana passada.



O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

ASSUNTOS: Política

+ Política