Compartilhe este texto

Ministro Paulo Pimenta diz que teve mais de 500 mil milhas aéreas roubadas

Por Folha de São Paulo

29/02/2024 18h31 — em
Política



SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - O ministro da Secretaria Especial de Comunicação Social, Paulo Pimenta, denunciou que teve mais de 500 mil milhas da companhia aérea Latam roubadas.

Pimenta registrou um boletim de ocorrência nesta quinta-feira (29). À reportagem, ele disse ter sido vítima de um golpe.

Saques foram feitos sem autorização do ministro. Ele explicou que os pontos foram retirados de sua conta na Latam em duas ocasiões. No dia 9 de janeiro, os saques foram de 334.995 e 86.605 pontos. No dia 15 de janeiro foram retirados mais 82.600 pontos. Ao todo, o roubo foi de 504.200 pontos.

O ministro da Secretaria Especial de Comunicação Social esclareceu que descobriu o golpe nesta quinta-feira (29). Paulo Pimenta explicou que sua assessora tentou emitir passagens com as milhas e percebeu que havia algo errado. Na conta do ministro sobrou apenas 14 mil pontos.

Paulo Pimenta disse ainda que outros parlamentares também foram alvo do golpe. Ele confirmou que após prestar queixa, a Latam entrou em contato e destacou que está apurando o caso.

O caso é investigado pela Polícia Civil do Distrito Federal. Em nota, a corporação informou que a ocorrência foi registrada via Delegacia Eletrônica e encaminhada para a 9ª DP, que apura os fatos narrados.

A Latam esclareceu que está restituindo os pontos dos clientes impactados mediante a análise de cada caso. A companhia aérea disse ainda que está ciente e colabora com as investigações do Departamento de Polícia Legislativa para identificar os responsáveis e beneficiários da fraude.


Siga-nos no
O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

ASSUNTOS: Política

+ Política