CPI da Covid adia leitura de relatório final em meio a divergências

Por Folha de São Paulo / Portal do Holanda

17/10/2021 15h03 — em Política

BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - A CPI da Covid anunciou neste domingo (17) ter adiado a leitura do relatório final que estava marcada para esta terça-feira (19).

De acordo com informações iniciais, a intenção é postergar em cerca de uma semana a data da apresentação do texto do senador Renan Calheiros (MDB-AL), possivelmente para o dia 26.

"Tem muita divergência ainda, precisamos discutir. Em relação a indiciamento, tipificação de crime. A ideia é uma semana de vista", afirmou o senador Humberto Costa (PT-PE), integrante da comissão.

A decisão foi tomada após reunião neste domingo do G7, o grupo de senadores que é majoritário na comissão.

Após mais de cinco meses de trabalhos, o texto preliminar do relatório aponta que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) adotou o negacionismo da pandemia não só como discurso retórico, mas como política pública de governo.

Em cinco volumes, a minuta do parecer feito por Renan pede o indiciamento de mais de 60 pessoas, entre elas filhos do presidente, ministros de Estado, integrantes e ex-funcionários do Ministério da Saúde e empresários.

Além disso, Renan propõe 17 projetos de lei ou mudança na Constituição, que incluem definir crime para punir a disseminação de fake news, hoje inexistente na lei brasileira.


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Política