Compartilhe este texto

58% defendem atuação das Forças Armadas na contagem dos votos, diz Datafolha

Por Folha de São Paulo / Portal do Holanda

28/05/2022 5h36 — em
Política



SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Mais da metade da população afirma concordar com a participação das Forças Armadas na contagem dos votos da eleição. Segundo pesquisa Datafolha, 58% dos eleitores responderam concordar totalmente (45%) ou em parte (13%) com a afirmação de que os militares devem ter um papel na totalização dos votos.

A participação das Forças Armadas na aferição do resultado da eleição foi uma sugestão do presidente Jair Bolsonaro (PL) e faz parte do seu arsenal de ataques ao sistema das urnas eletrônicas.

No Brasil, nunca houve registro de fraude nas urnas eletrônicas, em uso desde 1996. Com voto impresso, pleitos anteriores já tiveram suspeitas, com casos emblemáticos no Rio de Janeiro e em Alagoas, por exemplo, que envolveram cédulas de papel fraudadas e apuração irregular.

A pesquisa mostra que 7% dos eleitores discordam em parte da participação dos militares, enquanto 33% discordam totalmente. Outros 2% não sabem e 1% diz não concordar nem discordar.

As respostas variam entre eleitores de Bolsonaro e do ex-presidente Lula (PT).

Entre quem declara voto em Bolsonaro, 70% afirmam concordar totalmente com a participação das Forças Armadas -outros 11% concordam em parte, 5% discordam em parte e 12% discordam totalmente. Já entre os eleitores de Lula, 35% dizem concordar totalmente com a participação dos militares, 13% concordam em parte, 7% discordam em parte e 42% discordam totalmente.

O Datafolha ouviu 2.556 pessoas presencialmente em 181 cidades do país nesta quarta (25) e quinta (26). A pesquisa, contratada pela Folha de S.Paulo, tem margem de erro de dois pontos percentuais para mais ou para menos e está registrada no TSE com o número BR-05166/2022.



O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

ASSUNTOS: Política

+ Política