Tony Medeiros apresentará projeto que proíbe construções públicas abaixo do nível da última enchente

Por

22/04/2014 16h12 — em

O deputado estadual Tony Medeiros anunciou, nesta terça-feira na tribuna da Assembleia Legislativa do Amazonas, que vai apresentar na Casa um Projeto de Lei proibindo qualquer construção pública que seja abaixo do nível da maior enchente já registrada no Amazonas. “Se este projeto for aprovado não teremos mais prejuízos nesse sentido, pois nenhuma construção no interior do Estado vai sofrer com esse processo de alagação”, avaliou o deputado.

A enchente deste ano, destacou Medeiros, que começou avassaladora nos municípios do rio Madeira causando grande destruição nas zonas urbana e rural das cidades do interior do Amazonas e estados vizinhos, continua a trazer preocupação para nossas autoridades. “Esse é um problema recorrente todos os anos que, infelizmente, não temos como evitá-lo”, assinalou o Tony Medeiros.

Segundo o parlamentar, todos os dias a mídia noticia os estragos provocados pelas águas, onde mais de 15 cidades do interior amazonense estão em estado de emergência, com mais de 77 mil famílias afetadas. Prejuízos esses que já ultrapassam 179 milhões, além de perdas na área de educação com a suspensão das aulas por mais de 60 dias.  

Tony Medeiros salientou que se faz necessário procurar formas para se construir uma solução para evitar esses problemas e, uma delas seria a de mapeamento das áreas impróprias para habitação. “Isso é fácil de fazer, pois todo caboclo sabe até aonde as águas vão todos os anos. Contudo, se a enchente não é grande, muitas áreas sujeitas às alagações são habitadas causando um grande problema social. Essa situação pode ser evitada com o mapeamento e proibindo a construção de habitações nesses locais, principalmente nas áreas urbanas”, observou.

O deputado questionou ainda a construção de órgãos públicos em locais onde há alagação. “Isso é um absurdo sem precedentes”, disse Medeiros, exemplificando seu desapontamento ao visitar uma escola pública estadual no município de Barreirinha (distante 331km de Manaus), que encontra-se nesta situação.
Em seu discurso, Tony Medeiros aproveitou ainda para parabenizar o início da interiorização da Defesa Civil do Amazonas e o aniversário de 65 anos da Rede Calderaro de Comunicação.


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+