Obrigatoriedade de portas giratórias com detector de metais em bancos

Por

06/06/2014 15h44 — em

Com o objetivo de promover a segurança das pessoas e impedir o acesso de pessoas armadas às agências bancárias e, com isso, coibir a ação de criminosos, a deputada estadual Vera Castelo Branco apresentou, nesta semana à Mesa Diretora da Assembleia Legislativa do Amazonas, projeto de lei dispondo sobre a obrigatoriedade da instalação de um Sistema de Segurança de Portas Giratórias, com detector de metais, nas instituições bancárias ou locais que funcionem como correspondentes bancários no Estado.

Vera  justifica a apresentação de seu projeto ao fato de que a cada dia os problemas relacionados à segurança têm se tornado uma das principais preocupações da população, aumentando  a violência no Estado. “Infelizmente, a violência é uma das palavras que mais se ouve e que mais se fala nos dias atuais, principalmente quando se refere às agências bancárias e às casas lotéricas, que ao longo dos anos se transformaram em postos bancários, pois fornecem serviços de saques, depósitos, empréstimos, pagamentos de aposentadoria e pensão, contas de telefones, água e energia elétrica e não possuem normas de segurança, pondo em risco a vida de funcionários e pessoas que utilizam tais serviços”, observou Vera.

A parlamentar ressaltou que, de acordo com a Federação Brasileira de Bancos, a estatística nacional sobre assaltos a bancos, consumados ou não, indicou 422 ocorrências em 2011, um crescimento de 14,36% em relação a 2010. Portanto, assinalou a deputada, a instalação do sistema de segurança de portas giratórias com detector de metais, além de promover a segurança, por ser um mecanismo utilizado para evitar assaltos em agências bancárias, fundamental na atual conjuntura, visa minimizar o estado de vulnerabilidade vivenciado pelos funcionários e cidadãos que obrigatoriamente têm que trabalhar e utilizar os serviços bancários e estabelecimentos que funcionem com os mesmos fins. 

+