Jovens indígenas são vítimas das drogas na comunidade do Murutinga

Por

26/06/2014 17h47 — em

O uso de drogas é um problema que não é mais novidade para ninguém e que, infelizmente, vem atingindo pessoas das mais variadas classes sociais, raças e idades. Essa é uma preocupação que tomou conta dos jovens indígenas da etnia Mura, que pertencem as 368 famílias que residem da comunidade do Murutinga, em Autazes. A denuncia é do presidente da Comissão de Segurança Pública da Assembleia Legislativa do Amazonas, deputado Cabo Maciel, que pede intervenção da Funai e da Polícia Federal.

Cabo Maciel disse que a Vila do Murutinga possui uma população de 1.618 habitantes e os jovens indígenas vêm se afundando cada vez mais no “assombroso mundo das drogas”.

Cabo Maciel cobrou a presença da Polícia Federal na região, uma vez que os traficantes se instalaram na Vila do Novo Céu, conforme mapeamento feito pelos técnicos da Comissão de Segurança Pública da Aleam. “As famílias que tem filho viciado, já começaram a sentir falta de rádio, panela, enxada, machado, enfim tudo que encontram pela frente, eles levam para vender e comprar droga”, relatou.

+