Deputado critica cobrança do governo sobre excedente do pré-sal

Por

26/06/2014 17h16 — em

O deputado estadual Abdala Fraxe criticou a administração da Petrobras pelo Governo Federal nesta quinta-feira, durante discurso no Pequeno Expediente na Assembleia Legislativa do Amazonas. O deputado lembrou a desvalorização da Companhia durante o governo petista.

“O governo federal recebeu a Petrobras valendo R$ 250 bilhões e agora ela vale R$ 100 bilhões e, como se não bastasse, ainda encontraram uma maneira de ‘tungar’ R$ 15 bilhões para pagar a disritmia financeira, que existe hoje no nosso país”, afirmou, referindo-se ao pagamento estipulado pelo Governo Federal para que a Petrobras seja a única a explorar o óleo excedente em quatro áreas da chamada cessão onerosa do pré-sal.

O parlamentar alegou que a cobrança visa disfarçar o desequilíbrio das finanças públicas. “Não podemos admitir isso. Até quando este governo vai tentar solapar a maior empresa brasileira?”, questionou, ressaltando que a cobrança repercutiu negativamente nas ações da Petrobras na bolsa de valores.

+