Siga o Portal do Holanda

Política

Ex-mulher de Bolsonaro ganha cargo na Assembleia Legislativa do Rio

Publicado

em

Foto: Reprodução/ Instagram

RIO DE JANEIRO, RJ (FOLHAPRESS) - Primeira mulher de Jair Bolsonaro e mãe dos três filhos políticos do presidente, Rogéria Bolsonaro ganhou um cargo na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro.

Ela será assessora política do deputado estadual Anderson Moraes, segundo a assessoria do parlamentar. Moraes é do mesmo PSL do ex-marido e do primogênito deles, Flávio Bolsonaro, que emendou quatro mandatos na Casa até migrar para o Senado em 2019.

Mãe também do deputado Eduardo (PSL-SP) e do vereador Carlos Bolsonaro (PSC-RJ), ela confirmou o cargo comissionado (seu salário será de cerca de R$ 7.300) pelo Twitter.

"Hoje inicia-se mais uma etapa de minha vida sendo assessora do deputado estadual Anderson Moraes. Sempre dentro da legalidade, espero bem servir à população do RJ. Obrigada a todos pela compreensão."

Pela rede social, ela reclama de "ataques maldosos" dirigidos a ela após a divulgação de sua nomeação pelo jornal Extra, nesta terça (18).

"Grande parte da minha vida dediquei à educação de meus 3 filhos. Fui vereadora do Rio de Janeiro por 2 vezes. Após a separação do então deputado federal Jair Bolsonaro, trabalhei na vice-governadoria com Conde [Luiz Paulo Conde, vice de Sérgio Cabral entre 2003 e 2007] e mais 8 anos servindo à Prefeitura do Rio."

Segundo o site da Câmara Municipal carioca, a carreira partidária de Rogéria passou por PPR (que virou PDC e depois PPB), PSC e MDB. Hoje está no PSL.

Ela foi vereadora por dois mandatos. Tentou o terceiro em 2000, sem apoio de Bolsonaro, com quem tivera uma separação pouco amistosa. Perdeu num pleito que teve também seu caçula, Carlos Bolsonaro, que ali conquistaria o primeiro dos cinco mandatos que acumula até hoje. Ela tinha 40 anos, ele, 17.

Bolsonaro disse ao O Estado de S. Paulo à época que aquela não fora "uma eleição de filho contra mãe, mas sim de filho com o pai", e que para ele Rogéria "já está morta há muito tempo".

O ex-casal tem uma relação bem mais amigável hoje, e Rogéria, assim como outra ex-mulher com quem teve rixas no passado, Ana Cristina Valle, apoiou com entusiasmo sua campanha presidencial. 

Rogéria foi convidada para trabalhar com mais de um deputado do PSL na Alerj, onde seu filho Flávio tinha vasta influência. Aceitou, enfim, o cargo no gabinete de Moraes. A publicação de sua nomeação no Diário Oficial fluminense está prevista para sair no começo da semana que vem.

 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

A post shared by Rogeria Bolsonaro (@rogeriabolsonaro) on

Vereador expõe mulher que só pegava no pé

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.


Copyright © 2006-2019 Portal do Holanda.