Professor de Jiu Jitsu foi denunciar mulher e acabou preso em Manaus

Por

17/06/2014 17h36 — em Policial


Policiais Civis do 5º Distrito Integrado de Polícia (DIP), prenderam na tarde de sábado (14), por volta das 16h, o professor de jiu-jítsu, Márcio dos Santos Guimarães, 33, em cumprimento a um mandado de prisão preventiva, expedida em abril deste ano, pela Juíza Melissa Sanches Silva da Rosa, do 1º Juizado Especializado em Combate à Violência Doméstica e Familiar Contra a Mulher.
De acordo com o Delegado Titular do 5º DIP, Rodrigo de Sá Barbosa, Márcio foi preso no momento em que foi até a Delegacia registrar um Boletim de Ocorrência contra a sua ex-companheira por retenção de documento. Ao ter o nome consultado no sistema de segurança, foi constatado que havia o mandado de prisão em aberto, pelos crimes de ameaça, injúria e lesão corporal no âmbito da violência doméstica (Artigos 147, 140 e 129, respectivamente, do Código Penal Brasileiro).
Márcio foi indiciado pelos crimes mencionados anteriormente e após a conclusão dos procedimentos legais, foi encaminhado para a Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, onde ficará à disposição da justiça.