Siga o Portal do Holanda

Policial

Preso teve fígado grelhado e comido por detentos, depois de ter sido cortado em 59 pedaços

Publicado

em


O complexo penitenciário de Pedrinhas, no Maranhão, é repleto de histórias marcadas pela barbárie. Mas, ainda assim, quando se pensa que quase tudo já foi visto, um novo fato vem à tona para chocar a todos.
Em depoimento ao promotor Gilberto Câmara Júnior, da 12ª Promotoria de Justiça de Substituição Plena do Maranhão, uma pessoa que presenciou execuções no Presídio São Luís 2 disse que, em 2013, o preso Edson Carlos Mesquita da Silva, de 34 anos, foi torturado na cela, esfaqueado e teve o corpo cortado em 59 pedaços para que os carcereiros não suspeitassem de nada. Mais: segundo o IG, o fígado da vítima foi arrancado, salgado, grelhado e comido pelos assassinos, além de distribuído a outros detentos.
"Esquartejamento do corpo, infelizmente, não é tão difícil de ver. Mas a ingestão de partes dele é a primeira vez que vejo. Esses indivíduos não podem viver em sociedade", disse o promotor.
O Ministério Público suspeita de seis pessoas que podem ser condenadas com a pena máxima.

+ Policial

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

Copyright © 2006-2020 Portal do Holanda.