Policial Militar sequestra e mata namorada com tiro na boca

Por Portal do Holanda

27/11/2020 16h43 — em Policial

Estudante Mayara de 31 anos Foto: Reprodução/ Arquivo Pessoal

A estudante Mayara Pereira de Oliveira, 31, foi assassinada pelo namorado após ser mantida refém dentro de um carro, no estacionamento do campus do Centro Universitário de Valença, no Rio de Janeiro. De acordo com o site de notícias Globo, o sequestro durou cerca de duas horas e meia. 

Janitom Celso Rosa Amorim, 39, atirou na boca da vítima. Ele foi imobilizado por policiais após o disparo e foi levado algemado. Ainda segundo a publicação, a estudante foi socorrida ainda com vida. Ela teve quatro paradas cardíacas no hospital e não resistiu. 

Em nota, a assessoria de imprensa da Secretaria de Estado de Polícia Militar informou que os policiais seguiram os protocolos das ocorrências com refém. Disse ainda que o assassino responderá pelo crime nas esferas civil e militar, que repudia "com veemência" a atitude do policial e se solidariza com a família da vítima. 

O caso será conduzido pela 91ª delegacia de Polícia Civil de Valença e pela 5ª Delegacia de Polícia Judiciária Militar (Barra do Piraí).

 


+ Policial