Mulher é executada ao se reunir com ex para acertar divisão de bens

Por Portal do Holanda

23/09/2020 7h20 — em Policial

Arma em punho - Foto: Ilustrativa

Maria Madalena Pinheiro Alves, de 53 anos, foi assassinada com três tiros ao ir encontrar o ex-marido para tratar da partilha de bens. O crime ocorreu na noite dessa terça-feira (22), em Abreulândia, Tocantins e o homem foi preso como principal suspeito do caso.

A polícia afirma que ele estava inconformado com o fim do relacionamento e pode ter preparado uma emboscada para Madalena. Os dois foram casados por anos e após a separação, a mulher voltou para a casa da mãe onde estava morando com a filha adolescente.

Na noite de ontem, ela informou que havia aceitado conversar com o ex para estabelecerem a divisão de bens, mas assim que chegou na casa onde morou com ele, foi espancada e baleada.

Ele fugiu do local enquanto ela era socorrida e levada ao hospital. A vítima morreu na unidade e a polícia conseguiu localizar e prender o acusado minutos depois do crime.

Madalena teve um rompimento conturbado com o homem e teria até pedido uma ordem de restrição contra ele, meses antes de ser executada.