Homem diz que assaltou motorista de App em Manaus para tratar câncer

Por Portal do Holanda

19/10/2020 16h12 — em Policial

Suspeito alegou que roubava para fazer tratamento de câncer - Divulgação Polícia Militar/AM

Manaus/AM - Danilson Lima da Costa, 30, foi preso nesta segunda-feira (19), em cumprimento a mandado de prisão preventiva, por suspeita de assaltar motoristas de aplicativo em Manaus.

De acordo com o titular do 7ª Distrito Integrado de Polícia (DIP), delegado Fabiano Rosas, o suspeito foi detido pela equipe da delegacia, no dia 16 deste mês, na rua Magalhães Barata, bairro Crespo, zona Sul de Manaus.

O roubo ao motorista aconteceu no dia 14 deste mês, por volta das 19h, na avenida Atilo Andreazza, nas proximidades do calçadão da Suframa.

Segundo a vítima,  Danilson acompanhado de mais duas pessoas, solicitaram uma corrida por aplicativo do bairro Betânia até o Mauazinho. No trajeto eles anunciaram o assalto e o amarram ameçando que se reagisse iria morrer. Eles ainda disseram que fariam assalto a um posto de combustível.

“No dia 14 deste mês ele cometeu um assalto, após solicitar uma corrida de aplicativo. A vítima veio aqui fazer o Boletim de Ocorrência e iniciamos as buscas. Ele foi detido no dia 16, prestou esclarecimento e foi liberado. No dia de hoje o  juiz determinou e fizemos a prisão dele”, disse.

Conforme o delegado, em depoimento, o suspeito confirmou a ação criminosa e afirmou que a intenção era juntar dinheiro fazendo roubos porque tem câncer e precisava custear a troca da prótese de traqueostomia.

“Foi o que ele alegou, dizendo que a troca custaria em torno de R$3,5 mil. Mas a gente desconfiou porque ele comprou o simulacro de arma de fogo por R$1,5 mil. Ele confessou que fazia os assaltos e que seus alvos eram os motoristas de aplicativo e postos de gasolina”, revelou.

Com Danilson foi encontrado o celular do motorista de aplicativo e a carteira, além de um simulacro. Ele foi preso e deve ficar a disposição da Justiça.