Estudante denuncia dono de clínica por tentativa de estupro em Manaus

Por Portal do Holanda

15/09/2020 16h55 — em Policial

Suspeito era amigo da família da vítima - Foto: Jander Robson / Portal do Holanda

Manaus/AM - A estudante de veterinária Bianca Lima Alves, 21, denunciou que sofreu uma tentativa de estupro no dia 9 de setembro deste ano, em uma clínica veterinária em Manaus. Ela procurou o 6ª Distrito Integrado de Polícia (DIP) na tarde desta terça-feira (15) e denunciou o caso. 

Segundo a vítima, o autor da tentativa de estupro é o proprietário da clínica, que teria oferecido R$1000 para que ela mantivesse relações sexuais com ele. 

"Eu tinha ido pela manhã na clínica onde eu tinha estagiado para comemorar o dia do veterinário. Levei uma lembrança para ele, como forma de agradecimento, e na ocasião ele me convidou para voltar a noite, não mais como aluna, mas como profissional. Ele disse que iria pagar pelo serviço. Chegando lá, ele me assediou e ofereceu dinheiro para que eu ficasse com ele", disse. 

Bianca contou que o homem chegou a perguntar se ela tirava fotos nuas, ou se ela queria ver as fotos peladas que ele tinha em seu celular. "Ele me mostrou o dinheiro e disse que não era pra me ver isso como algo ruim, mas como uma ajuda. Eu me senti muito constrangida e me recusei", contou.

A vítima disse ainda, que o homem era amigo de sua família e não esperava que ele pudesse tentar praticar algum ato como aquele. "Eu sempre fui amiga da esposa dele, ele era amigo de minha família, não tínhamos nenhuma intimidade além disso. Decidi denunciar porque não quero que outras mulheres passem por isso. Ainda mais vindo de uma pessoa tão próxima da gente", lamentou. 

O caso foi registrado na delegacia e a polícia investiga o crime. 

 


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Policial