Siga o Portal do Holanda

Policial

Empresário envolvido com tráfico é preso dentro de guarda-roupa

Publicado

em

Manaus/AM - O empresário Thiago Caster de Souza, de 31 anos, foi preso na segunda-feira, 16 de novembro, por policiais lotados na 3ª Seccional Leste, com o apoio do Grupo Força Especial de Resgate e Assalto (Fera), em cumprimento a mandado de prisão, expedido pela juíza Rosália Sarmento, da 2ª Vara Especializada em Crimes de Uso e Tráfico de Entorpecentes.

 Segundo a polícia civil, Thiago administrava uma empresa de fachada, localizada no bairro Alvorada, zona centro-oeste, onde a polícia apreendeu, no dia 6 de outubro deste ano, mais de 100 kg de drogas. No início deste mês, o pai de Thiago também foi preso pelo mesmo crime. A polícia procura pelo irmão dele.

Em coletiva de imprensa na manhã desta terça-feira, 17, o delegado titular na 3ª Seccional Leste, Pablo Geovanni, afirmou que Thiago foi preso às 15h da segunda-feira, na residência dele, na rua Rio de Janeiro, conjunto Campos Elíseos, bairro Planalto, zona centro-oeste da capital.  “Nós chegamos ao imóvel e verificamos que no quarto de Thiago havia um guarda-roupa que tinha um fundo falso, que dava acesso a um banheiro, onde encontramos Thiago”.

Luiz Carvalho de Souza, 54, e Tassio Caster de Souza, respectivamente, pai e irmão de Thiago, também participavam do esquema de armazenamento e distribuição de drogas, realizado na falsa empresa de refrigeração. Luiz foi preso no dia 3 de novembro, em via pública, na avenida Autaz Mirim, bairro Jorge Teixeira, zona Leste. Tassio ainda não foi localizado pela polícia e é considerado foragido da Justiça.

Segundo o delegado, o pai e os dois filhos possuíam funções bem definidas dentro da quadrilha. “Thiago era quem guardava e gerenciava a falsa empresa. Tassio, por sua vez, era o responsável pela compra, venda e distribuição da droga, e Luiz fazia os contatos, já que era uma pessoa bem relacionada no meio empresarial no Estado”, disse.

O delegado informou que as prisões são resultado de uma investigação realizada pela especializada desde o início do ano, quando se descobriu que a empresa de fachada era uma das grandes fornecedoras de entorpecentes na zona leste. “As prisões de Thiago e do pai dele, representam um duro golpe para o tráfico de drogas, porque não se tratam de pequenos vendedores de entorpecentes ou de pessoas envolvidas com o que chamamos de ‘tráfico doméstico’. Estamos falando de distribuidores de drogas, as quais são trazidas de municípios do interior do estado e também da Colômbia para Manaus”, afirmou o delegado.

O infrator irá responder pelos crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico e associação criminosa. Ao final dos procedimentos cabíveis, Thiago será encaminhado à Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, onde permanecerá à disposição da Justiça.

De acordo com o delegado Pablo Geovanni, no último dia 6 de outubro, a equipe de investigação da 3ª Seccional Leste apreendeu mais de 100 kg de drogas no interior de uma falsa empresa de refrigeração, Na ocasião, foram presos Roseni Araújo Arruda, 38, e Helinton Sobrinho da Silva, 22, funcionários da empresa.  Durante as diligências no estabelecimento, foram apreendidos, segundo o delegado, substâncias com características de maconha prensada, skunk e pasta base de cocaína, que estavam armazenadas em malas.

+ Policial

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

Copyright © 2006-2020 Portal do Holanda.