DPE pode ajudar mulher a buscar indenização após morte de marido em ação policial em Manaus

Por Portal do Holanda

22/06/2021 9h58 — em Policial

Homem foi morto pela polícia. Foto: Reprodução/ Arquivo pessoal

Manaus/AM - A Defensoria Pública do Amazonas (DPE-AM) informou que deve ajudar os familiares do motorista Sérgio Fragoso Monteiro, de 50 anos, a buscar por indenização. O homem foi morto pela Polícia Civil, durante operação Coalizão do Bem, na última sexta-feira (18).

De acordo com a DPE-AM, até essa segunda-feira (21), o órgão não foi procurado pela família de Sérgio. A Defensoria informou ainda que poderá tomar as medidas cabíveis, diante das circunstâncias narradas, caso seja de interesse da família.

O Ministério Público do Amazonas (MPAM) recebeu a denúncia e vai apurar as circunstâncias do assassinato. A própria Polícia Civil também investiga o caso por meio da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS). Nenhum policial envolvido na operação foi afastado.

Sérgio Fragoso Monteiro estava em casa com a mulher quando os policiais chegaram. Ao perceber um barulho estranho na casa, Sérgio foi averiguar, abriu uma porta, mas recuou ao se assustar, foi quando acabou sendo baleado.

Em nota, a PC informou que houve resistência por parte de Sérgio e, que, por isso, precisou intervir, mas a informação é contestada por familiares do motorista que alegam ação truculenta.

Segundo a polícia, o alvo dos policiais seria o filho de Sérgio, Felipe de Lima Machado Monteiro, de 29 anos, que é apontado como um dos envolvidos nos ataques em Manaus e cidades do interior entre os dias 6 e 8 deste mês, mas ele não mora mais com o pai desde 2017 e segue foragido.

Veja também:

Homem morto em operação da polícia não era suspeito de ataques em Manaus

‘Era tudo pra mim’, diz esposa de motorista morto em operação do Grupo Fera

Viúva detalha morte de motorista em operação do Grupo Fera: 'covardia'

Motorista morto por Grupo Fera chegou como indigente ao hospital, diz viúva

Marcas na casa de motorista de app morto em Manaus mostram violência da polícia

 

 


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Policial