Criminoso grita gol da Itália e é descoberto pela polícia na Compensa

Por

16/06/2014 15h02 — em Policial

A Polícia Civil do Amazonas, por ação da equipe de investigação da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestro (DEHS), coordenada pelo Delegado Titular Paulo Martins e Delegada Adjunta Débora Mafra, prenderam na noite de sábado (14), por volta das 18h, Daniel Mota da Silva, 20, conhecido como “Piu-piu”, na rua da Paz, bairro Compensa 3, Zona Oeste de Manaus. O homem é apontado como o autor da morte de Eny Laranjeiras Bezerra, 26.

 

De acordo com informações da Delegada Débora Mafra, o crime ocorreu no dia 28 de setembro de 2011, na mesma rua onde Daniel foi preso, após denúncia informando onde ele se encontrava. O suspeito investigado estava assistindo a partida de futebol entre Inglaterra e Itália, quando foi surpreendido pelos investigadores. Um mandado de prisão preventiva já havia sido expedido no dia 23 de outubro de 2013 pela juíza Rosália Guimaraes, da 2ª Vara do Tribunal do Júri.

Durante a coletiva de imprensa, o Delegado Titular, Paulo Martins, comentou a ação. “Diuturnamente nossa equipe de investigadores se empenha para elucidar esses crimes. No sábado, tivemos êxito em prender mais esse autor de homicídio”, disse o Titular da DEHS.

A Delegada Débora Mafra também comentou o caso. “Em depoimento Daniel confessou que no dia 28 de setembro, após um desentendimento com Eny, que era seu amigo, resolveu se vingar. A vítima estava em frente à casa da namorada, Daniel que estava na garupa de um mototaxista, desceu do veículo e disparou três vezes contra Ery, que morreu no local. No entanto, o suspeito não informou ainda a motivação da morte do amigo”, comentou a Delegada Adjunta.  

Encaminhado à DEHS, Daniel foi indiciado por homicídio (Artigo 121 da Lei nº 2.848/40). Após os procedimentos na unidade policial, será conduzido à Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, onde deverá aguardar decisão da justiça.