Cansado de ser roubado pelo mesmo cara, comerciante compra uma arma e mete bala

Por

04/07/2014 10h36 — em Policial

GOIÁS - No final da manhã desta quinta-feira (03) um comerciante foi até a delegacia da Polícia Civil de Caldas Novas se apresentar após matar um assaltante que tentou roubar seu estabelecimento comercial. Segundo informações do comerciante, aquela seria a terceira vez que seu restaurante seria alvo de roubo pelo mesmo ladrão. 

>>>IMAGENS DE SANGUE E MORTE. CLIQUE SE NÃO TIVER RESTRIÇÃO<<<

Cansado de tanto ser roubado o comerciante se armou e decidiu dormir em seu comércio para tentar evitar roubos. Na madrugada desta quinta-feira, por volta das 3 da madrugada, o ladrão resolveu tentar a sorte, mas deu de frente com o azar. O dono do estabelecimento estava no interior do restaurante quando ouviu o barulho e ao perceber que era o criminoso gritou “Perdeu! É a polícia...” Segundo o comerciante o ladrão que estava com uma arma em mãos atirou em sua direção e a resposta foi imediata. O dono do estabelecimento revidou efetuando vários disparos. Segundo ele o bandido correu e ele pensou que havia fugido, mas pela manhã veio a surpresa. 

 

Pedreiros que trabalham na reforma do seu restaurante depararam com um corpo em cima de um muro da construção, era o criminoso. Ferido com os disparos ele tentou fugir pulando um muro, mas morreu antes que chegasse ao outro lado. A polícia foi acionada pelo próprio dono do estabelecimento e no local os policiais encontraram a arma que estava em poder do ladrão. 

>>>IMAGENS DE SANGUE E MORTE. CLIQUE SE NÃO TIVER RESTRIÇÃO<<<

No local os policiais também verificaram que o restaurante havia sido revirado pelo bandido. Até o fechamento desta matéria nem a polícia, nem o IML ainda haviam identificado o ladrão morto. 

O dono do restaurante que fica localizado no Caminho do Lago prestou depoimento e em seguida foi liberado. A arma do assaltante foi apreendida e passará por exames balísticos. Ainda segundo informações do dono do restaurante a arma utilizada por ele foi jogada dentro do lago Corumbá. Ele disse que ficou nervoso com o ocorrido e acabou jogando a arma no lago. O caso segue por conta da Polícia Civil de Caldas Novas sob o comando do delegado de polícia civil Wllisses Valentin.

>>>IMAGENS DE SANGUE E MORTE. CLIQUE SE NÃO TIVER RESTRIÇÃO<<<

(Fonte: Plantão Policial)