Atropelador que matou taxista na Djalma é solto

Por

02/07/2014 14h28 — em Policial

A juíza Luiza Cristina da Costa Marques achou por bem mandar soltar Gerard Phillipe do Carmo Ribeiro e Silva que, na última segunda-feira, 30, atropelou quatro pessoas, uma das quais morreu na hora, na avenida Djalma Batista.

O universitário posto em liberdade, de acordo com a juíza, não vai obstruir, dificultar ou criar embaraços às investigações e coleta de provas quanto à sua responsabilidade na morte e ferimento das pessoas atingidas pelo carro dirigido por ele.

Na ocasião, morreu o taxista José Ailton Rebouças, 64, e ficaram feridos o mototaxista Arthur Sérgio Mourão, 51, que perdeu a perna, além de Augusto Cortezão da Silva, 23 e Ádria Batista Xavier, 26.