Vanessa mostra estragos provocados pela cheia dos rios no Amazonas

Por

02/05/2012 17h18 — em

A senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM) alertou    para as dificuldades enfrentadas pela população do Amazonas em consequência da cheia dos rios. Ela explicou que o cenário atual está próximo ao que foi registrado no ano de 2009, quando aconteceu uma enchente grave e os rios atingiram o seu limite histórico. A senadora afirmou que tanto o governo do estado quanto o governo federal têm agido para socorrer a população, mas que a situação é das mais graves.

Vanessa Grazziotin disse que as ruas de Manaus estão alagadas e que os moradores e comerciantes tem que elevar o nível do piso de suas residências e estabelecimentos (uma espécie de segundo piso) para protegerem os bens pessoais e as mercadorias. As vítimas também precisam construir pontes para conseguir trafegar nas cidades alagadas.

- Isso quando muitas famílias não têm que abandonar seus lares, porque chega um determinado momento que nem um segundo ou terceiro piso dá conta tamanha é a elevação das águas. Portanto, muitas famílias são obrigadas a procurar abrigo em lugares seguros que ainda não foram atingidos pela água.

A senadora disse também que a população fica vulnerável a doenças que vem com a chuva e a outras doenças que se manifestam fortemente nesse período, entre elas, a malária e a dengue. Ela disse haver necessidade de distribuição de medicamentos, o que tem sido feito pelo governo do estado, em colaboração com o governo federal.

Perda de safra

Vanessa Grazziotin lembrou a situação dos produtores rurais, que tiveram suas safras completamente prejudicadas e precisam de recursos para o próprio sustento.

- A situação dessas pessoas é muito grave, porque toda a produção foi perdida. Diferentemente de outros estados, no Amazonas não há como acessar um fundo garantidor, porque grande parte dessas famílias sequer documento da terra possui – ressaltou.

A senadora afirmou que a situação atual é tão grave que mais de 50% dos municípios, entre eles a capital Manaus, já decretaram estado de emergência por causa do nível dos rios. Ela informou ainda que a enchente já comprometeu o tráfego da BR-319, que liga Porto Velho a Manaus. Além disso, várias comunidades estão isoladas e quatro municípios estão na iminência de ficarem completamente isolados.


Agência Senado
 

NULL

+